viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Avaliações, Cias Aéreas

Air France Classe Executiva Paris – São Paulo B772

AF Business Class B772 CDG - GRU Dez 2016

Ufa … último voo da viagem para a Austrália … Na ida eu fui do Rio para Paris na classe executiva da Air France, mas as aeronaves que fazem a rota ainda têm a configuração antiga (leia aqui). A cidade de São Paulo, por outro lado, foi beneficiada com os aviões com a cabine atualizada.

Informações Gerais

Data: 31.12.2016

Hora da partida: 23:20 hrs

Número do voo: AF454

Duração do voo: 11hrs35min

Tipo de bilhete: 120.000 milhas Smiles
Hard Product

Aeronave: B777-200

Entrada em uso: mai 1998

Prefixo: FGSPC

Classes de serviço: executiva, premium economy, econômica

O embarque começou cerca de 45 mins antes do voo e transcorreu sem maiores problemas. O voo estava lotado e muita gente entrou antes de mim.

A cabine da classe executiva que faz Paris – São Paulo – Paris foi reformulada para a configuração 1-2-1, e todos os assentos têm acesso ao corredor.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Faz uma enorme diferença para a configuração 2-3-2 que faz a rota Paris – Rio de Janeiro. Entretanto, eu acho que a Air France perdeu uma boa oportunidade de oferecer uma classe executiva superior e vocês vão ver o porquê.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

O meu assento era o 5A. Os controles do assento ficam exatamente no lugar onde o passageiro tende a colocar o braço.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

O resultado é que a cada vez que eu me movimentava, ou eu acendia a luz ou movia o assento. E percebi que a mesma coisa acontecia com outros passageiros. Não é possível que os responsáveis pelo design do assento não tenham percebido isso durante a fase de testes. Enfim, …

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Quando cheguei, já havia travesseiro, manta, cabide para pendurar o casacão e o saquinho com chinelos. Para mim, os chinelos são essenciais durante o voo. Já levo direto na minha mala de mão caso a cia aérea não disponibilize para os passageiros.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

O espaço para o descanso dos pés é relativamente limitado. Ao colocar os sapatos ali, não é mais possível colocar uma mochila.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Para guardar a necessaire, tablet, phone e outros pertences de pequeno porte, o passageiro tem que recorrer à área do headphone. Notem como a parte inferior já está bem gasta. Lembrando que a Air France começou o processo de atualização das aeronaves em 2014.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

À propósito, os fones de ouvido da Air France são genéricos, mas são noise cancelling, o que para mim é suficiente.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Uma das oportunidades perdidas pela Air France foi a instalação de uma tela de entretenimento maior. O espaço desperdiçado aqui é muito grande, se compararmos com a JAL (veja aqui), a Cathay Pacific (veja aqui) e com a American Airlines (veja aqui).

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Basta pressionar o botão na parte inferior do console que a tela se destaca.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Na parte superior, há um botão para paletós.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

O controle remoto fica na lateral do passageiro, na altura da face e é de fácil manuseio. A tela é touchscreen.

Há uma lâmpada de leitura individual. Para acendê-la, basta pressioná-la.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

A mesa é facilmente destacável: basta puxá-la. Achei que ela tem um bom tamanho e é bem estável.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Também há uma tomada USB e uma tomada elétrica. A USB estava quebrada, sendo impossível até mesmo inserir o cabo na tomada.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Durante o embarque, um casal tentou regular a luz e … o painel superior simplesmente caiu com as máscaras de oxigênio. Eu vi o casal mexendo na luz normalmente, sem nenhum movimento que pudesse causar esse estrago. Confesso que me deu o maior medo em relação ao estado geral do avião e à sua manutenção. É claro que esse incidente impactou a saída do avião – atrasamos cerca de 20 minutos.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Soft Product

Refeições: jantar e café da manhã

Champagne: não foi informado

Qualidade da comida: boa

Qualidade das bebidas: indisponível 

Cortesia dos comissários: média

Quem leu com atenção o quadrinho acima, percebeu algo de estranho. O fato é que não nos foi disponibilizado o menu. Segundo o comissário, o pessoal de terra embarcou o menu errado. Assim, eu não pude saber o que estava bebendo ou comendo.

Durante o embarque, foi servido champagne, suco e água. Como alguns sabem, os comissários já vem com os copos em uma bandeja, então não há como saber qual é o champagne que está sendo servido. Como não havia carta de bebidas, fiquei sem saber.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Esse voo foi no dia 31 de dezembro e passamos a meia-noite voando. Achei muito esquisito ninguém falar nada – nem os comissários, nem o comandante. Parecia a noite de 15 de setembro ou 4 de maio … Vocês não acham que eles deveriam, pelo menos, desejar feliz ano novo para os passageiros à meia-noite ou eu estou sendo muito exigente?

Ainda em terra, foram distribuídos os amenity kits, que eram idênticos aos da ida. Eles não têm marca definida e o conteúdo é bem básico.

AF Business Class B77W

AF Business Class B77W

Bom, cerca de 40 minutos após a decolagem, o serviço de bordo começou. Os comissários passaram com o carrinho distribuindo as bandejas com pão quente, manteiga, entrada, queijos e sobremesa. Quando perguntei pelo vinho tinto, o comissário respondeu que havia Bordeaux. Como foi a única informação que consegui, fiquei na água mesmo.

A terrine com compota de ameixa estava muito boa, e a salada com salmão idem. Infelizmente, eu não posso dizer exatamente o que eu comi … rsss – mas estava bom!

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Em seguida, as entradas foram retiradas e foi oferecido peixe, frango ou pasta. Eu dei uma olhada no peixe e não gostei nem um pouco da aparência. Então, optei pelo frango acompanhado de pêra e batatas gratinadas. A aparência não é das melhores, mas o prato estava bom.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Para finalizar, umo bolo mousse de chocolate que estava excelente. Aí, sim, a Air France brilhou com a tradição da culinária francesa.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

Optei pela omelete com queijo no café da manhã, acompanhada de linguiça de frango e bolo de batata. Não me arrependi da minha escolha.

As frutas estavam muito ácidas – impossíveis de comer. O café estava muito forte – há quem goste, eu sei! Mas eu prefiro ele de médio para fraco. Mas o que me incomodou é que ele estava morno.

AF Business Class B772 CDG – GRU Dez 2016

O voo transcorreu sem problemas e chegamos em São Paulo dentro da hora prevista.

Nessa viagem, eu peguei 3 voos da Air France em executiva: um do Rio para Paris (leia aqui), um de Paris para São Paulo e outro entre Genebra e Paris. Por incrível que pareça, o melhor serviço de bordo foi feito no voo de 1h10 minutos entre Genebra e Paris (leia aqui). A comida estava ótima para um voo tão curto e o comissário foi extremamente cortês e simpático conosco.

Nos dois voos intercontinentais o serviço deixou a desejar. Os comissários não foram rudes, mas também não foram simpáticos. Eu senti a falta do menu nesse voo – comer sem saber exatamente o que é que eu estou ingerindo me dá um certo incômodo … não sei se vocês sentem o mesmo. Além disso, apesar de saborosos, a apresentação dos pratos não foi das melhores.

Quanto à aeronave em si, o fato de todos os assentos terem acesso ao corredor é excelente e já me predispõe a achar tudo bom. Mas o fato é que além do painel ter caído só porque os passageiros tentaram ajustar a luz, a Air France perdeu a oportunidade de oferecer um assento melhor para os passageiros. Ela contratou a Zodiac – a mesma empresa que fabrica os assentos da Cathay e da American. O assento é semelhante, mas se vocês derem uma olhada nas fotos que eu tirei da Cathay (aqui e aqui) e da American (aqui e aqui), o modelo escolhido pela chinesa e pela americana é muito melhor, pois tem mais espaço e a tela de entretenimento é bem maior.

Eu sei que são detalhes e que eu devo ficar contente de não ter viajado em econômica. É verdade. Mas também não posso achar que está tudo maravilhoso. É melhor do que viajar em econômica ou em premium economy? Sem dúvida, mas há produtos melhores no mercado.

Para ler os demais posts com avaliações de cias aéreas e salas VIP dessa viagem, clique aqui.

2 Comentários

  1. Emilio

    Muito boa a avaliação. Pena que o Rio não tenha ainda a nova cabine na sua rota para Paris.

    • Beatriz

      Obrigada, Emilio! E a nova faz muita diferença em termos de conforto. Espero que essa situação seja revista em breve.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén