Em primeiro lugar, é sempre bom lembrar que a cabine premium doméstica da AA nos EUA é chamada de first class, apesar de ela não ter nada a ver com a primeira classe de uma cia aérea. As exceções são os voos costa a costa nos A321 que contam com econômica, business e first, sendo que as duas últimas contam com assentos-cama.

Esse era o primeiro voo do dia da aeronave – o voo saiu às 6:45 da manhã e teve a duração aproximada de 2h30mins. A configuração da cabine é 2-2 na first e 3-3 na econômica.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

A American oferece um produto bem antiquado nesse B737, mas é bom frisar que nas outras cias americanas a situação não é diferente.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

 

Toda vez que eu entro nesse avião eu me lembro da viagem que fiz com a Avianca Internacional para Bogotá; foram 6 horas de intensa tortura …

Não há qualquer espaço para guardar pertences.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Em termos de espaço para pernas e pés, a primeira fileira é a melhor.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Não há tela de entretenimento individual e nem são fornecidos tablets durante o voo.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Os controles são limitadíssimos; mas na verdade, não tem muita coisa para controlar, só canais de som e música.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Pelo menos, há uma tomada para carregar produtos eletrônicos, localizada na partição entre assentos na altura da perna.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Há uma pequena mesa retrátil para copos que eu considero super prática.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

A mesa fica embutida na partição de assentos.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Para destravá-la, é necessário puxar com força a alça de metal que fica na ponta interna. O assento já teve dias melhores …

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Essa tarefa é especialmente problemática quando há um copo cheio na mesinha retrátil para copos. Você é obrigado a ficar com o copo em uma das mãos e puxar a mesa com a outra.

Ainda em terra, a comissária ofereceu água, suco de laranja ou café.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Após a decolagem, as bebidas foram servidas com aproximadamente 20 mins de voo, pois a subida foi relativamente turbulenta. Repeti minha dose de suco de laranja que, agora, foi servido em copo de vidro.

Também foram distribuídas toalhinhas quentes e perfumadas.

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

Muitas vezes em que a numeração final do voo é ímpar, o serviço de bordo começa de trás para a frente, como foi o meu caso. Fui a última pessoa a ser servida, apesar de estar na fileira 1A. Isso não foi problemático nesse voo, porque ainda havia escolha de prato: aveia ou ovos. Não foi oferecida qualquer explicação sobre o preparo dos alimentos, mas optei pelos ovos. Fui muito feliz na minha escolha, apesar de a apresentação não ser das mais animadoras. Eram uns ovos mexidos mais para mole com queijo sobre biscuit (esse tipo de pão que também está à esquerda no meu prato) com um molho de carne picante. Um típico prato texmex. Eu que não sou chegada a pimenta achei o prato muito saboroso e fiquei bem satisfeita com o meu café da manhã. Quem diria que, um dia, eu iria elogiar uma refeição da American, ainda por cima, picante!

AA First Class MIA – ORD B737 Fev 2017

O voo transcorreu sem problemas, salvo a turbulência que, de vez em quando, dava sinais de vida. Apesar do hard product precisar de um retrofit urgente, a refeição estava muito boa para um voo de 2h30 mins.