A American Airlines mudou a sua política de reembolso de passagens com milhas. Até essa semana, somente os clientes Executive Platinum poderia cancelar ou alterar os bilhetes emitidos com milhas sem penalidades. Os demais tinham que desembolsar até USD 200, o que, convenhamos, é um absurdo.

A situação melhorou um pouco, já que agora é possível o cancelamento em até 24 horas depois da emissão sem penalidades, contanto que o bilhete tenha sido emitido, pelo menos, dois dias antes do embarque.

Eu acho que essa regra ajuda, principalmente, àquelas pessoas que emitiram o bilhete com algum erro, como, por exemplo, de data e perceberam rapidamente.

Aqui no Brasil, o Código de Defesa do Consumidor garante um prazo de arrependimento de 7 dias para compras feitas fora do estabelecimento comercial. Mas essa regra não é aplicável quando nossas transações são feitas via call center dos EUA.