A AirlineRatings.com anuncio as transportadoras aéreas mais seguras do mundo, como tem feito nos últimos anos em janeiro. A AirlineRatings monitora 425 cias aéreas ao redor do mundo e oferece seus resultados levando em consideração aspectos tais como idade e histórico da frota, registro de incidentes e acidentes, a seriedade da regulamentação e fiscalização governamental assim como das associações nacionais ligadas ao transporte aéreo etc.

A Qantas levou o primeiro lugar pelo quarto ano consecutivo. A empresa australiana não teve nenhum acidente na era do avião a jato! Impressionante, não é mesmo? As demais cias aéreas são, em ordem alfabética:

Air New Zealand
Alaska Airlines
All Nippon Airways
British Airways
Cathay Pacific Airways
Delta Air Lines
Etihad Airways
EVA Air
Finnair
Hawaiian Airlines
Japan Airlines
KLM
Lufthansa
Scandinavian Airline System
Singapore Airlines
Swiss
United Airlines
Virgin Atlantic
Virgin Australia

A AirlineRatings também identificou as cias aéreas de baixo custo mais seguras do mundo. São elas:   Aer Lingus, Flybe, HK Express, Jetblue, Jetstar Australia, Jetstar Asia, Thomas Cook, Virgin America, Vueling e Westjet (clique aqui para ler o post sobre as melhores cias aéreas low-cost do mundo).

O sistema da AirlineRatings concede um máximo de 7 estrelas para as empresas aéreas que cumprem determinados requisitos. Os requisitos são os seguintes:

1 . A cia aérea é certificada pelo IOSA? Sim = +2 estrelas. Não = 0 estrelas.
IOSA significa IATA Operational Safety Audit (Auditoria de Segurança Operacional da IATA – International Air Transport Association ), que avalia o gerenciamento operacional e o sistema de controles das cias aéreas. Como a auditoria não é obrigatória, as empresas que não ganham as estrelas ou não se submeteram a ela ou, se foram, foram reprovadas.

2. A cia aérea está na lista negra da União Europeia? Não = + 1 estrela. Sim = 0 estrela.
Uma empresa aérea que está na lista negra da União Europeia não pode voar para a Europa, devido à preocupação com a segurança dos passageiros. A empresa pode não ter tido qualquer acidente, mas há problemas com a manutenção das aeronaves ou com a fiscalização das mesmas.

3. A cia aérea está livre de acidentes com mortes nos últimos 10 anos? Sim = +1 estrela. Não = 0 estrela.
A(s) morte(s) de passageiros ou tripulantes ocorreu devido a sequestros, atos de terrorismo ou suicídio do piloto não estão incluídas neste item.

4. A cia aérea é endossada pelo FAA? Sim = +1 estrela. Não = 0 estrela.
A FAA (Federal Aviation Authority) é a agência reguladora americana que mantém uma lista de países (e não cias aéreas)  que estão proibidos de voar no espaço aéreo americano. A proibição é determinada pela não cumprimento dos standards da aviação internacional.

5. O país de origem da cia aérea cumpre os 8 parâmetros de segurança da ICAO? Sim = +2 estrelas. Se entre 5 – 7 parâmetros são cumpridos = + 1 estrela.
Os 8 parâmetros da ICAO (International Civil Aviation Organization) são: legislação, organização, licenciamento, operações, aeronavegabilidade, investigação de acidentes, serviço de navegação aérea e aeródromos.

6. A frota da cia aérea foi obrigada a ficar no solo pelo órgão governamental do seu país em virtude de preocupação quanto à segurança? Sim = -1 estrela durante 5 anos da data em que a cia aérea foi impedida de voar.

7. A cia aérea opera apenas com aeronaves fabricadas na Rússia? Sim = -1 estrela.

Para ler o post da AirlineRatings, clique aqui.