Regra geral, as cias aéreas europeias não botam fé na sua cabine executiva para voos dentro da Europa. Elas bloqueiam o assento do meio e pronto, fique contente que você está na executiva. Isso por que os voos são curtos e os aviões utilizados nas rotas são A319, A320 ou B737 ou ainda menores. Bom, isso me leva a duas regrinhas básicas:

1 – Nunca pagar por bilhetes em executiva na Europa.

2 – Nunca resgatar milhas para voar em executiva na Europa.

Mas ontem, o JT Genter, também conhecido como “The Points Guy”, fez um post em que ele descreveu as melhores classes executivas da Europa (créditos das fotos pra ele). Vamos lá:

1 – Turkish Airlines B777 e A330

Turkish Airlines Classe Executiva B777

Turkish Airlines Classe Executiva B777

A cia turca utiliza aviões wide body nas seguintes rotas: Amsterdam Schiphol (AMS), Atenas (ATH), Barcelona (BCN), Berlin Tegel (TXL), Copenhagen (CPH), Dusseldorf (DUS),  Estocolmo (ARN), Frankfurt (FRA), Londres Heathrow (LHR), Milão (MXP), Munique (MUC),  Paris Charles de Gaulle (CDG),, Viena (VIE) e Zurique (ZRH).

2 – British Airways A321 com Club World

Uma das exceções dos aviões de fuselagem estreita, os A321 que British “herdou” da BMI vem equipados com assentos-cama na classe executiva.

British Airways A321 Classe Executiva

British Airways A321 Classe Executiva

O problema é que não dá para saber se você vai ter a sorte de pegar um desses, já que a cia também possui outros A321 “comuns”. As maiores chances são nos voos entre Londres e Atenas, Moscou, Estocolmo, Oslo, Nice e Roma.

3 – Swiss B777

Se você não tem dindim pra pagar a primeira classe da Swiss – o resgate com milhas só é permitido para quem participa do programa de milhagens da cia – ainda resta uma esperança de experimentar a cabine.

Swiss B777 Primeira Class

Swiss B777 Primeira Class

 Nas rotas entre Zurique e Atenas, Frankfurt e Genebra, quem compra executiva pode desfrutar da primeira classe. Mas prestenção na hora de fazer a reserva pra confirmar que o equipamento é mesmo um B777.

4 – LATAM B787

A nossa cia brasileira compareceu no post do JT Genter, no voo entre Madri e Frankfurt.

LATAM B787 Classe Executiva

LATAM B787 Classe Executiva

A LATAM voa os novíssimos B787 na rota entre Santiago e Madri. Como só esse trecho já leva 13.5 hrs, não é possível para a cia operar o voo ida e volta no mesmo dia. Então, para maximizar a utilização do avião, a LATAM estica a rota até Frankfurt.

5 – Iberia A340

A Iberia opera um voo entre Madri e Londres com o A340, também para maximizar a utilização desses aviões.

Iberia A340 Classe Executiva

Iberia A340 Classe Executiva

A Iberia usa o A340 nos voos 3164 (MAD – LHR) e 3179 (LHR-MAD). A British também vende esses voos em codeshare.

6 – Ethiopian Airlines B787

A Ethiopian opera um voo entre Viena e Estocolmo usando o seu novíssimo B787 (muito bizarro, né?) 4 vezes por semana, nos voos 724 e 725.

Ethiopian Airlines B787 Executiva

Ethiopian Airlines B787 Executiva

 

7 – Emirates B777

A comunidade dos viajantes frequentes é unânime em dizer que a classe executiva da Emirates no B777 deixa muito a desejar. Mas se você deseja muito testar a cabine não pagando com o seu olho esquerdo, talvez você se interesse em voar entre Larnaca – Malta e Larnaca – Atenas.

Emirates B777 Executiva

Emirates B777 Executiva

8 – Korean Airlines B777

A Korean está oferecendo o voo entre Zurique e Viena do dia 29 de outubro a 25 de março. Você poderá testar a Prestige Class nas 3as, 5as e sábados. Mas a rota é só entre Viena e Zurique, já que a empresa voa da Suíça direto para Seoul.

Korean Airlines B777 Executiva

Korean Airlines B777 Executiva

Para aproveitar esses voos, a gente tem que estar muito atento para a aeronave e configuração da cabine. Mas eu são sei se eu gastaria dinheiro do meu bolso para testar essas executivas, mas acho que pode valer a pena para resgatar milhas. E vocês?