Os planos de milhares de viajantes serão afetados pela greve dos controladores de tráfego aéreo na França. A British Airways cancelou cerca de 40 voos desta segunda-feira, dia 6 de março,  e outros 6 em virtude da greve das suas próprias equipes.

A greve dos controladores em Brest e Bordeaux começará dia 6 e terminará na sexta feira, dia 10 de março. Já os controladores de Aix-en-Provence, no sul da França, cruzarão os braços entre os dias 7 e 9 de março.

A autoridade francesa para a aviação civil, o DGAC, requisitou às companhias aéreas que reduzam seus voos no oeste e sudoeste. A

British Airways decidiu usar aeronaves maiores para poder acomodar passageiros de voos cancelados. A empresa está permitindo que os passageiros com reservas de e para qualquer aeroporto francês, assim como para Madri e Barcelona, possam alterar seus voos para a outra semana sem qualquer penalidade.

A Air France, por sua vez, deixará de operar diversos voos domésticos saindo e chegando ao aeroporto de Orly, em Paris. Os voos cancelados incluem 20 voos de e para Toulouse, 12 de e para Brest e 10 de e para Bordeaux. Passageiros com destino a Bilbao, Lisboa e Casablanca também pode ser afetados.

Para piorar a situação, a Air France foi avisada de uma greve de seus próprios funcionários na terça feira dia 7.

A easy-Jet espera cancelar entre 30 e 40 voos domésticos na França na segunda feira.

Se você estiver na Europa e for afetado por esse problemas, a legislação europeia exige que as empresas ofereçam acomodação e comida para os passageiros, e reacomodação no primeiro voo disponível, ainda que operado por outra companhia aérea.

Se você está indo esta semana para a Europa pela Air France ou British Airways, ou ainda para destinos na França operados por outras transportadoras, recomendo que você ligue imediatamente para a companhia para se informar sobre possíveis alterações.