viaje bem, viaje longe, viaje barato!

LATAM

Atenção: Paraguai está exigindo certificado internacional de vacinação contra febre amarela

People, a LATAM acaba de soltar uma nota sobre a obrigatoriedade do certificado internacional contra a febre amarela.

Certificado Internacional de Vacinação de febre amarela será obrigatório para voar entre o Brasil e o Paraguai a partir de 01/02
Assunção, Paraguai, 1 de fevereiro de 2018 – A partir de 1º de fevereiro de 2018, todos os passageiros que partem dos estados da Bahia, Rio de Janeiro, Espírito Santo ou São Paulo com destino ao Paraguai deverão apresentar no aeroporto um Certificado Internacional de Vacinação (CIVP) contra febre amarela.
A nova exigência foi estabelecida por um decreto do Ministério da Saúde do Paraguai no dia 30 de janeiro de 2018.
Para obter o Certificado, o passageiro deve tomar a vacina pelo menos 10 dias antes da viagem em um centro autorizado. Para mais informações sobre a vacinação, recomendamos aos passageiros que consultem as autoridades sanitárias de seus respectivos países.
Estamos oferecendo as seguintes possibilidades para os passageiros que possam vir a ser afetados.
Mudanças e devoluções
Passageiros que tenham voos entre o Brasil e o Paraguai (como destino final) entre os dias 1 e 28 de fevereiro de 2018 poderão escolher uma das seguintes opções, entrando em contato com a Central de Vendas, Fidelidade e Serviços pelos telefones 4002-5700 (capitais) ou 0300-570-5700 (todo o Brasil), pelo site LATAM.com ou em uma das lojas da companhia.
Mudança de data/voo (mesma origem-destino):
Alterar a data/voo sem a cobrança de multas ou diferenças tarifárias para voar até 15 dias após a data do voo original, sujeito a disponibilidade. Para alterações além dos 15 dias, os passageiros estão sujeitos a diferenças tarifárias e vigência do bilhete.
Mudança de destino:
Alterar o destino sem a cobrança de multas, sujeito a diferenças tarifária e vigência do bilhete.
Devolução:
Devoluções estão sujeitas às condições tarifárias.
Reiteramos seu compromisso com os mais altos padrões de segurança e qualidade de serviço.

1 Comment

  1. Henry

    Semana passada fui no posto da Anvisa em GIG…consegui obter o Certificado Internacional para meu filho (12 anos) e para mim.. para esposa/filha/sogra, só com a presença delas para assinar o documento..
    Fiquei encantado com o atendimento gentil, educado e operacional deles…
    Meu filho não tinha cadastro na Anvisa (condição necessária), mas isso não é problema, pois eles disponibilizam terminais para vc fazer o cadastro na hora..
    Muito bom um órgão público tratar o contribuinte de forma civilizada…
    Já não é primeira boa impressão.. Numa das vindas dos EUA, dois frascos que eu trouxe de remédio para pessoas da família, foram retidos pela fiscalização, mas explicaram tudo direito e educadamente…com a indicação da legislação que não permitia trazer remédios para terceiros.. a cota é pessoal… vc até pode dizer que o remédio é seu, mas eles/elas, fazem as contas da dosagem diária x número de comprimidos na embalagem x data de validade.. se chegarem a conclusão que, com a dose diária recomendada algum frasco estará vencido, então elas fazem um termo de apreensão e retem o frasco..
    Acho correto…

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén