Uma boa notícia para os passageiros da Avianca Brasil. O presidente de marketing da empresa  garantiu que não haverá cobrarança de tarifa de bagagem até o final da de julho. No segundo semestre, contudo, novas regras serão estabelecidas e aqueles  que desejarem despachar bagagem terão que pagar um adicional ou comprar uma tarifa mais cara. A bagagem de mão, por sua vez, não poderá exceder os 10 kg.

Para saber como será a cobrança de bagagens de cada uma das cias aéreas brasileiras, clique aqui.