Astrônomos e fotógrafos embarcaram em um voo charter da Air New Zealand para uma aventura única: observar e fotografar a aurora austral nos dias 23 e 24 de março.  O voo de 8 horas se beneficiou do efeito do equinócio na aurora, em que dia e noite têm 12 horas.

A rota fez um zig-zag na linha internacional de data 4 vezes para que os passageiros de ambos os lados do avião pudessem observar o fenômeno plenamente. Abaixo, o plano de voo:

Por todas as dificuldades de acesso, imagino que a aurora austral está fora da possibilidade da maioria das pessoas. Mas não precisamos desanimar: igualmente espetacular é a aurora boreal, que aparece no hemisfério norte do planeta.

Eu já tive o privilégio de realizar um sonho de infância e vi a aurora boreal na Islândia em janeiro de 2014. Foi uma experiência inesquecível e recomendo a todos.

Alguém já viu a aurora boreal? Está na lista de vocês?