Quem tem viagem marcada com a British Airways para voos de curta distância na Europa em julho vai ter duas surpresas uma péssima e uma ótima.

A péssima notícia é que haverá uma greve de tripulantes, já anunciada pelo sindicato. A ótima notícia é que a empresa britânica está se precavendo dos imensos problemas que podem advir da paralisação e fez um wet lease de aeronaves da Qatar Airways. Serão 9 Airbus A320/321 arrendados durante dois meses.

Vocês sabem o que é um wet lease e um dry lease? O wet lease é o arrendamento da aeronave e tripulação, e o dry lease é o arrendamento somente da aeronave.

Ou seja, alguns passageiros da British Airways terão não somente o avião da Qatar, mas também a tripulação da Qatar no voo. É um upgrade e tanto, não?

Na classe executiva, a diferença é da água …

para o Romanée-Conti 1990.

A operação não é de todo atípica, já que a Qatar Airways é dona de 20% da IAG, a controladora da British Airways. Então, a Qatar tem interesse direto em que os prejuízos sejam minimizados.

A data de início das operações está marcada para 1o de julho e tem previsão inicial de 2 semanas, podendo se estender por 2 meses.

Alguém com passagem da British intra-Europa em julho?