Eu tinha a opção de escolher entre o lounge da Alitalia ou o Senator Lounge da Lufthansa no Terminal 1 do aeroporto de Kennedy, em Nova York. Escolhi ficar no lounge da Lufthansa. Ele tem dois andares, sendo que o segundo é exclusivo para clientes da primeira classe (Senator Lounge).  Como não era meu caso, fiquei no primeiro andar, dedicado a passageiros da executiva em voos Star Alliance ou passageiros Star Alliance Gold voando em qualquer cabine das parceiras (Business Lounge).

O lounge fica imediatamente à esquerda, logo após a fila de segurança que, por sinal, nesse terminal, é coisa de doido.

Senator/Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

A entrada do lounge é ampla e à esquerda ficam as escadas que levam ao Senator Lounge. À direita um modelo bo B747-8i.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

O lounge já estava em clima das festas natalinas.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Em termos de tamanho, a sala não é das maiores, mas isso é plenamente justificado já que NY não é a base da empresa alemã, que tem excelentes lounges em Frankfurt. Mas o lounge estava bem cheio, já que abrigava não somente os passageiros da própria Lufthansa, como aqueles da Turkish, Air China e da companhia em que eu estava viajando.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

O design dos móveis é padrão nas salas da Lufthansa – e nas demais companhias, em geral.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Há uma sala separada para quem deseja ver as notícias na TV.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Em termos de oferta de comida e bebida, não há nada de espetacular, mas é o suficiente para os passageiros forrarem o estômago antes do voo. Há comidas quentes e saladas, assim como uma variedade de petiscos incluindo queijos, wraps, pretzels e, até mesmo, balas.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

As bebidas também dão conta do recado. Há as onipresentes máquinas digitais de café, refrigerantes e chopp tirado na hora, várias garrafas d’água, assim como vinhos, espumantes e bebidas destiladas.

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

Business Lounge Lufthansa JFK T1 dez 2017

O lounge não impressiona, mas também não decepciona. É uma boa pedida para os passageiros Star Alliance partindo do Terminal 1 do aeroporto de JFK em Nova York.