Ontem à noite foram anunciados os ganhadores dos Freddie Awards, a premiação dos programas de fidelidade das cias aéreas, hotéis e cartões de crédito (veja aqui a lista completa dos ganhadores).

Em relação aos programas das companhias aéreas nas Américas, o resultado de ontem foi idêntico ao do ano anterior.

Programa do Ano: Southwest Airlines Rapid Rewards

Melhor Programa Elite: American Airlines AAdvantage

Prêmio 201 (melhor programa de fidelidade fora do radar dos eleitores): Avianca Lifemiles

Melhor Possibilidade de Resgate: Southwest Air Rapid Rewards

Melhor Promoção: Lifemiles da Avianca, com a promoção na compra de pontos 2×1 + 40%

Melhor Serviço ao Cliente : Southwest Rapid Rewards

A vitória do AAdvantage como melhor programa elite foi uma surpresa, uma vez que ele decaiu flagrantemente no último ano. Para a maioria dos brasileiros, o programa se tornou inviável ao manter a exigência de um gasto mínimo em dólares para se manter ou adquirir status elite para clientes residentes fora dos EUA. Infelizmente, acredito que essa vitória vai consolidar o programa nos termos atuais, exceto se houver algum grande tropeço durante esse ano.

Mas é importante sublinhar os pontos positivos do programa para passageiros elite:

a) o resgate de passagens com milhas com as parceiras é relativamente tranquilo;

b) os atendentes do call center brasileiro geralmente dão conta do recado;

c) os atendentes do call center americano para passageiros elite, na maioria absoluta das vezes, são excelentes;

d) para os clientes Executive Platinum, não há multa para cancelamento e troca de passagens emitidas com milhas;

e) para os clientes Executive Platinum, há upgrades ilimitados gratuitos nos voos domésticos nos EUA, dependendo da disponibilidade (eu geralmente consigo);

f) são oferecidos 4 systemwide upgrades (SWU) anualmente para passageiros Executive Platinum, cada um podendo abranger 3 trechos. Eu fui do Rio ao Japão em executiva usando um único SWU e voltei da China para o Rio também com um único SWU. Antigamente, eram oferecidos 6 SWU.

Mas ressalto o seguinte: o AAdvantage ganhou como melhor programa elite – ou seja, aquele que mais beneficia seus passageiros elite. O programa do ano ficou com o Rapid Rewards da Southwest Airlines.

O Lifemiles da Avianca abocanhou dois prêmios: a melhor promoção do ano e o melhor programa de fidelidade “fora do radar” dos eleitores.

A promoção que ganhou foi aquela que deu 100% + 40% de bônus na compra de milhas. Realmente, a promoção é excelente e eu mesma aproveito toda vez que ela aparece. Como o Lifemiles possui alguns trechos em cabine premium com ótima relação custo-benefício, já consegui voar na primeira classe da ANA All Nippon Airways pagando muito pouco (clique aqui para saber mais sobre os resgate Lifemiles e aqui para ter uma ideia geral do programa).

Quanto ao melhor programa de fidelidade fora do radar, eu tenho uma ressalva: para se ter status Gold (que corresponde ao Gold da Star Alliance), o Lifemiles exige um mínimo de 10.000 milhas voadas ao ano com a Avianca Internacional.

Essa exigência é muito problemática, pois implica 2 viagens a Colômbia  ou uma viagem até NY, Los Angeles, San Francisco – ou alguma cidade americana mais distante que Miami, com escala em Bogotá – por ano.

Se os gestores do programa acabarem ou reduzirem essa exigência para quem mora fora da Colômbia, eu serei a primeira a aderir a ele (uma ida e volta à Colômbia por ano está de bom tamanho! 😉 ).

Quanto aos hotéis, o Marriott Rewards ganhou de lavada em todas as categorias, exceto melhor programa “fora do radar” que ficou com o Le Club AccorHotels. Esse quesito de programa de fidelidade de hotéis geralmente não tem muita repercussão para nós, brasileiros. A presença das cadeias de hotéis é muito limitada no Brasil. Só capitais e cidades de médio porte em alguns Estados podem contar com propriedades das cadeias maiores. E a maioria das pessoas não viaja o suficiente para adquirir status nesses programas.

O que vocês acharam das vitórias do AAdvantage e do Lifemiles? Há algum programa nas Américas melhores do que eles nas suas categorias?