A Delta anunciou alterações na política de upgrades para os associados Medallion de seu programa de milhagem Skymiles e seus acompanhantes. A partir do dia 13 de outubro, os membros Medallion viajando com um acompanhante na mesma reserva poderão ganhar upgrades para a primeira classe e para a Delta Comfort+ com base no status mais alto dos dois passageiros, contanto que o acompanhante seja membro do SkyMiles, Medallion ou tenha status em uma cia aérea parceira.

Os associados Medallion podem ganhar upgrades para Delta Comfort+ em todos os voos na América do Norte e em alguns voos dos mercados da Ásia-Pacífico, América Latina e Caribe.

Prioridades para conseguir os upgrades:

screenshot-2016-10-17-00-03-44

O status é o fator mais importante para conseguir os upgrades, começando com os associados Diamond Medallion, Platinum, Gold e Silver.

A Delta informou que associados com o mesmo nível elite serão diferenciados pela classe tarifária (bilhete mais caros prevalecem sobre bilhetes mais baratos). A Delta permite upgrades para bilhetes-prêmio, o que não acontece na American Airlines. Já os associados de programas de cias aéreas parceiras só poderão receber upgrades no dia da viagem. Passageiros na classe Y (econômica cheia) não mais receberão upgrades quando comprarem o bilhete.

Quando os passageiros receberão seus upgrades?

Upgrades para a Primeira Classe (sujeitos à disponibilidade)

  • Associados Medallion Diamond e Platinum: 5 dias antes da data da partida.
  • Associados Gold Medallion: 3 dias antes da partida.
  • Associados Silver Medallion: 1 dia antes da partida.

Upgrades para Delta Comfort+ (sujeitos à disponibilidade)

  • Associados Medallion Diamond e Platinum: imediatamente após a compra, se disponível
  • Associados Gold Medallion: 3 dias antes da partida.
  • Associados Silver Medallion: 1 dia antes da partida.

Para saber mais sobre as alterações nos upgrades clique aqui.

Para saber mais sobre o programa Delta Skymiles e nos níveis Medallion clique aqui.

É bom saber que a Delta está começando a perceber o erro que cometeu ao alterar o seu programa de milhagens – no que foi seguida pela United e pela American. Quando essas cias aéreas começarem a perder a fidelização de seus passageiros – o que acredito que será em breve – veremos mudanças ainda maiores.