Chegando em Atlanta, meu voo para a Filadélfia partiria do Concourse A. Peguei o trem interno do aeroporto e fui para lá dar uma checada no Sky Club, a sala VIP da Delta.

É impressionante como as salas estão movimentadas a qualquer hora do dia. Eu cheguei lá por volta das 6 da manhã e tinha gente …

A entrada é padrão nos Sky Clubs

Depois de verificarem minha elegibilidade para o lounge, me dirigi à sala propriamente dita. Ela é bem ampla, dividida em dois níveis: o inferior, um pouco menor, e o superior, acessível por uma rampa azul.

No primeiro nível há alguns conjuntos de poltronas e um bar para quem aprecia fortes emoções logo pela manhã.

Também há a refeição sempre presente no café da manhã dos lounges americanos – grits.

Há também algumas frutas, queijos, iogurte e pães.

Também não pode faltar a máquina de café eletrônica.

Essa área tem vista direta para a pista com mesinhas posicionadas perto das janelas. Deve ser bem gostoso ficar ali tomando um café e vendo o movimento do aeroporto. Eu tive que sair rápido pra minha conexão, então só entrei pra tirar fotos, mesmo.

Vista geral do primeiro nível e da rampa.

O segundo nível é bem mais amplo, com diversos ambientes para relaxar e trabalhar.

Em relação à comida, a oferta era semelhante. Mas o espaço para comer é mais amplo.

Mas cereal, só no segundo nível.

Conclusão:

O lounge é amplo e confortável. É uma pena que eu estive lá na hora do café da manhã que, para mim, é o pior momento para avaliar um lounge. As comidas geralmente são padrão e não há muita novidade. O Concourse A atende somente a voos domésticos. Então, esse lounge é suficiente para quem vai pegar um voo que não ultrapassa 3 horas de duração.