A classe premium economy tem sido uma tendência no mundo da aviação comercial. As cias aéreas europeias e asiáticas já a incorporaram em suas rotas tem um tempo, e as americanas foram as últimas a se render à tendência (clique aqui para ler um trip report completo da premium economy da AA). As cias do Oriente Médio, por sua vez, têm resistido à ideia. O CEO da Qatar Airways, Akbar Al Baker, chegou a afirmar que a sua empresa não precisa de premium economy em virtude da alta qualidade do produto oferecido na econômica comum. Menos Akbar Al Baker, menos …

Pois bem, o presidente da Emirates, Tim Clark, soltou um comunicado à imprensa em que afirma que, nos próximos 18 meses, a empresa irá adaptar a sua frota de 250 aeronaves para acomodar a nova cabine.

Ainda não foram disponibilizados os detalhes da nova cabine, então, qualquer afirmação além do que foi dito será mera especulação.

Com a novidade da Emirates, será que a Etihad e a Qatar Airways vão seguir a tendência? A conferir.

Gostaram da novidade?