Amigos, como noticiei ontem, os CEOs da Etihad e da Lufthansa se encontraram ontem em Abu Dhabi para anunciar os detalhes da parceria das empresas. Contudo, quanto à entrada da Etihad na Star Alliance, nada foi ventilado. Mas vamos ao que efetivamente aconteceu.

Em primeiro lugar, foi anunciado um acordo global de catering de 4 anos ao custo de US$ 100 milhões em que os LSG Sky Chefs fornecerão catering para a Etihad em 16 cidades na Europa, Ásia e nas Américas.

Em segundo lugar, as empresas assinaram um memorando de cooperação na manutenção e conserto de aeronaves.

Em terceiro lugar, as empresas serão co-locatárias nos hubs na Alemanha. A Etihad vai sair do Terminal 2 para o Terminal 1 em Frankfurt, ao passo que em Berlim, a Etihad sai do Terminal 1 para o Terminal 2.

E, por fim, o acordo de codeshare que nos impactou diretamente começa a vigorar a partir de hoje, com voos da Etihad entre Abu Dhabi e a Alemanha, e de lá para o Rio de Janeiro e Bogotá com a Lufthansa – lembrando que a Etihad está encerrando as operações no Brasil em virtude desse acordo.

As empresas têm planos de aprofundamento futuro nessa parceria e esses são apenas os primeiros passos. Vamos aguardar para ver os desdobramentos, sendo a possível entrada da Etihad na Star Alliance o que certamente causará maior impacto no mundo dos programas de milhagem.