viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Hotéis, Variados

Hilton Honors: mudanças drásticas no programa

Acabei de receber um email do programa de fidelidade da cadeia de hoteis Hilton, o Honors comunicando acerca de mudanças no programa e o OMAAT acabou de fazer um post ponderando sobre as mudanças.

A mais importante é que haverá um aumento na bonificação de pontos em estadias para os membros elite.

Quem é Silver, vai passar a ganhar 20% (antes era 15%), o que corresponde a 12 pontos por dólar gasto. Quem é Gold, passa a ganhar 80% de bônus – 18 pontos por dólar (antes era 25%,) e quem é Diamond vai receber 100% de bônus – 20 pontos por dólar gasto (antes era 50%).

Como bem chamou a atenção o Lucky, o que parece ótimo só é ótimo para quem é Gold. Isso porque o programa eliminou os 5 pontos extras quando se escolhia a opção Points + Points (em que se acumulava exclusivamente no programa Hilton e não dividia a pontuação com os parceiros aéreos).

Essa eliminação levou ao seguinte cálculo:

Membros sem status (Blue) que antes ganhavam 15 pontos por dólar gasto, agora passam a granhar 10. 

Membros Silver que antes ganhavam 16.5 pontos por dólar gasto, agora passam a granhar 12. 

Membros Gold que antes ganhavam 17.5 pontos por dólar gasto, agora passam a granhar 18. 

Membros Diamante contiuam a ganhar 20 pontos por dólar gasto.

Quem conseguiu o status match para Gold que eu dei a dica no dia 23 de dezembro (clique aqui para ler) se deu bem!

O programa também está introduzindo Milestone Bonuses. Ao cravar 40 noites em hotéis do portfólio Hilton, o cliente passa a receber 10.000 pontos extras a cada 10 noites de hospedagem. Os clientes Diamante, por sua vez, receberão 30.000 pontos extras depois de 60 noites de hospedagem no ano.

Uma terceira mudança é que o agora haverá as noites rollover para o ano seguinte. Ou seja, você se hospedou 15 vezes, o que foi suficiente para Silver (10 noites), mas não conseguiu Gold. As 5 noites poderão ser usadas no ano seguinte para a qualificação.

Como a maioria que acompanha o blog sabe, nos EUA é comum cartões de crédito que dão status em programas de fidelidade no ramo das viagens e do turismo. Essas mudanças não são boas para essas pessoas, mas me parecem benéficas para quem efetivamente se hospeda nos hotéis da rede. Acho justo.

 

7 Comments

  1. Henry

    Eu tenho status Diamond com eles, desde 2012 e válido até 31/03/18…
    Nunca me hospedei nenhuma vez em hotéis da rede..
    O primeiro status Diamond foi obtido com status match do Le Club – Platinum (obtive este status no Le Club por ser Itaú Personnalite, depois fui mantendo através de envio de milhas do Smiles/Multiplus)…
    Depois fui fazendo seguidos status match ainda pelo cartão Platinum do Le Club..
    Agora, vai ficar difícil manter o Diamond, porque no Le Club sofri um soft-landing pra gold…

    • Beatriz

      Eu usei muito meu status Diamond com o Hilton. Valeu muito a pena.
      E também usei muito meu status Platinum com a Accor. Agora sou Gold até 31.12.2019.

  2. afonso

    Multiplus acabou com a parceria para transferência com eles (multiplus para HH), eu usava bastante…

  3. guilherme

    Fui diamond por um tempo e nao notei NENHUMA diferenca em rrelacao ao gold, entao voltei a ser gold. Acho muito bom o beneficio do cafe da manha, mas percebi que nos eua os upgrades sao praticamente impossiveis.

    • Beatriz

      Guilherme, eu aproveitei muito o executive floor dos hotéis. Muitas vezes jantei lá. Uma economia e tanto!

      • Guilherme

        nunca deixei de ter acesso ao executive floor sendo gold, eh por isso que digo que a diferenca entre diamond e gold eh marginal. So em Abu Dahbi que recebi um beneficio diferente que foi um quarto maior do que um amigo que era gold

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén