viaje bem, viaje longe, viaje barato!

LATAM

LATAM: A350 para NY, Orlando e Paris em 2018

A LATAM pediu autorização à ANAC para alterar as aeronaves utilizadas nas rotas com origem em São Paulo e destino para Nova York, Orlando e Paris a partir de 25 de março de 2018. A partir desta data, os novíssimos A350-900XWB substituirão os B777 e B767 atualmente em uso.

Os voos para Nova York  e Orlando com a nova aeronave serão diários. Já os voos para Paris, também diários, serão operados alternadamente entre o A350 e o B777. Então, muito cuidado na hora de escolher o dia da semana para ir para Paris.

Eu não tenho certeza sobre a origem desses A350: eles podem ser aqueles que foram “emprestados” para a Qatar recentemente ou as 4 novas aeronaves que a LATAM disse que receberia em 2018 (leia aqui).

Se você quer saber qual é a aeronave utilizada no seu voo antes mesmo de comprar, vá até o site do Expert Flyer e busque em seat maps. Depois, é só entrar com os dados do voo.

Crédito da foto da capa: Airway.

4 Comentários

  1. Eduardo

    Muito cuidado se for de 777😱😱😱

  2. Danilo

    Tudo “em tese”…

    Pois o cliente compra a passagem achando que a LATAO disponibilizará o A350 e, então, eis que é surpreendido com a transferência de aeronave para outra cia, ou a devolução de parte das aeronaves e troca por um 767 ou então qualquer outra razão para não voar da forma pretendida…

    Duvida???

    Basta observar ao longo do biênio 2016/2017 a quantidade de mudanças que tal companhia realizou, o que demonstra uma instabilidade única sobre qual aeronave a ser utilizada…. fazem jogada de marketing anunciando a aeronave em uma rota mas daí a ser mantida essa há uma grande diferença.

    Trata-se de uma cia cuja credibilidade quanto à aeronave em determinada rota não é das maiores… é totalmente distinto de algumas companhias estrangeiras, nas quais já sabemos que aeronave utilizam na rota X ou Y….

    É um lamento. Uma cia que já foi tão boa um dia, após ter se tornado chilena (com a MP do capital estrangeiro até poderiam assumir que ela é chilena, ao invés das desculpas que à época deram de joint venture e outras) decai continuamente e de forma ininterrupta….

    • Beatriz

      Concordo com tudo o que você falou, Danilo. A LATAM é muito inconsistente, mesmo.
      Mas a LATAM não anunciou nada ainda. Ela pediu autorização à ANAC. Eu é que, pesquisando os processos administrativos da ANAC, vi esse pedido.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén