viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Brasileiros, Programas de Milhas, Programas de Milhas

LATAM Fidelidade: estardalhaço e silêncio, quando convém

Há alguns meses atrás, o LATAM Fidelidade anunciou, com grande estardalhaço nas redes sociais e na mídia em geral, a mudança de um regra no programa que beneficiaria os passageiros frequentes. Especificamente, o Fidelidade reduziu para 24 os trechos necessários para os passageiros atingirem o status Platinum, mirando no segmento corporativo, em que estava levando um banho do Smiles/GOL.

Entretanto, na hora de fazer alterações no programa que vão prejudicar os clientes, o LATAM Fidelidade tem um comportamento pra lá de reprovável. Não avisa. Tudo bem que não precisa ampliar derrota na mídia, mas um email discreto ou um post simples recomendando que os clientes fiquem cientes da alteração. Mas, não. Sorrateiramente, inclui a informação no site e, se você descobriu, ótimo. Se não, problema seu.

E é exatamente sobre isso que esse post trata. De uma mudança que afeta diretamente clientes Black e Black Signature em relação aos upgrades. Hoje em dia, qualquer tarifa permite os upgrades, que continuam ilimitados.

A partir do dia primeiro de março de 2018, os upgrades só serão concedidos caso o cliente Black ou Black Signature adquira passagens mais caras, na classe Access e Control. 

Desse modo, os clientes Black e Black Signature ficam no mesmo patamar do que os Platinum e Gold, mas tendo a preferência na hora do upgrade.

Isso é uma perda de um enorme benefício que os clientes Black e Black Signature têm. E tem mais, essa restrição já existe no LATAM Pass do Chile. Aliás, os chilenos insistem detonar o programa de passageiro frequente e a LATAM em geral. Aliás, no Chile não há possibilidade de alcançar Black Signature somente via trechos. Acho que, mais cedo ou mais tarde, essa limitação também valerá aqui no Brasil.

Enfim, o que me desagradou mesmo, é o modo como a modificação foi feita. Falta de transparência é inaceitável na prestação de serviços e um luxo que uma empresa que preza uma boa relação com seus clientes não pode ter. Lamentável.

 

14 Comments

  1. Daniel

    Prezada Beatriz,

    Por falar em silêncio, em momentos e fatos como este que percebemos os blogs isentos e os blogs que curiosamente apensando publicam o que de interesse das companhias aéreas nacionais…

    Parabéns pela imparcialidade, algo raríssimo hoje em dia!

    • Daniel

      Apenas corrigindo meu “corretor” (que não corrige) ortográfico:

      … “Curiosamente apenas publicam”…

      • Beatriz

        Não é só das nacionais, não, Daniel. Das internacionais também. As críticas começam a ficar mais leves (só pra constar que foram feitas), os elogios mais acentuados. Eu tenho uma profissão em que sou respeitada e que paga as minhas contas. Não devo nada a companhia aérea nenhuma e nem a nenhum programa de milhas.

  2. Andre Martins

    Beatriz,

    Parabéns. Melhor site sobre programas de milhagens disparado!! Cita fontes, deixa tudo muito claro para os leitores. É nítida a qualidade das suas postagens e o cuidado na manutenção do site.

    Agora uma dúvida Passagens compradas antes dessa data, em tarifa Base, mas para vôos após a mudança, serão elegíveis para o upgrade? Porque tenho passagens já compradas para voos após as mudanças e se soubesse teria comprado na tarifa mais cara.

    Mas acho que o melhor mesmo é desistir desse programa. Dá nojo a atitude de não alertar os clientes sobre essas mudanças.

    • Beatriz

      Andre, eu ligaria para o Fidelidade e abriria um chamado. As condições do contrato são aquelas vigentes à data de contratação. Essa mudança é unilateral e não pode ser aplicada para bilhetes comprados antes da data da alteração. Se você não conseguir upgrade e a houver espaço na cabine, sugiro que vc tire fotos e entre com uma ação. Documente tudo!

  3. Andre Martins

    Aproveitando que o assunto é LATAM, você sabe se o soft landing está vigente ainda? Li em algum lugar que a LATAM tinha acabado com esse benefício também.

  4. S. Ricardo

    Quando eu tava Gold, perguntaram o que eu melhoraria. Falei que de nada adianta dar 2 vouchers para uso se não dá pra fazer nada com eles. Voo nacional não pode espaço+… voo internacional, precisa de 3 para upgrade em trechos com mais de 4 horas de voo. Sequer se pode usar os vouchers pra entrar nos Lounges – o que seria já uma certa vantagem atrativa. Sequer se pode usar para liberar uma mala de cortesia!!! Como não melhoraram nada, mudei a prioridade na fidelidade. Onde já se viu dar um benefício hiperlimitado?

  5. Jose

    No site do LAtam PASS continua a tabela antiga… teria alguma diferença do fidelidade para o Pass?

  6. guilherme

    Eu fui ver as diferencas entre a tarifa BASE e ACCESS e sabe quais são? NENHUMA, as taxas pra reembolso, cancelamento e alteração são exatamente iguais. Voce vai pagar mais pra ter as mesmas coisas, no final das contas voce vai estar “comprando” o upgrade pra executiva.

  7. SÍLVIO CARNEIRO

    Costumo voar pouco por eles porque vou mais para o lado europeu e tiraram todos o voos para lá saindo do GIG. Gastei minhas últimas milhas em agosto e vivem me enviando mensagens lembrado disso. Este post acabou de me dar mais um motivo para não acumular neles. Antes de a TAM se fundir(ou seria ser vendida?) com a LANeu tinha LanPass e achava uma porcaria o problema. Ainda bem que usei as milhas acumuladas durante a minha viagem para Austrália(Qantas) e NZ, foi a minha sorte e não sobrou quase nada de milhas. Eu quis
    na ocasião ir parta uma cidade e voltar por outra e era impossível conseguir no site. O Fidelidade tem passado por um processo de pioria contínua.

  8. Luiz

    Boa noite.

    Conheci seu site hoje, por conta dessa bomba do fidelidade. Na prática, qual seria o benefício de ser Black Signature na Latam? As regras são as mesmas para o Black, a única diferença seria a prioridade no upgrade e o special Service, que, na verdade, não serve pra nada: o horário de atendimento é limitado e eles não têm autonomia ou boa vontade para resolver problema nenhum. Na época do furacão Irma, não fizeram absolutamente nada, só remarcavam para o próximo dia sabendo que não haveria voo. Viajei muito esse ano para manter o status para que? Eles tirarem o principal benefício de upgrade sem restrições e ilimitados? E afã pagar tarifa mais alta, compensa comprar bilhete confirmado em executiva em promoções em outras Cias aéreas. A verdade é que programa de fidelidade em TODAS as cias está se tornando inútil. Disponibilidade de assentos e acúmulo de milhas só beneficiam a empresa, nunca o usuário. O que vale é ser fiel ao bolso e só comprar o que for mais barato independente da empresa. Obrigado pela objetividade e clareza nos seus post. Parabens! Virei fã.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén