viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Cias Aéreas Brasileiras, Cias Aéreas Estrangeiras, Emirates, Programas de Milhas

O Altíssimo Valor das Taxas para Emissão de Bilhetes Emirates pelo Smiles

Um amigo me chamou a atenção para o altíssimo valor das taxas para emissão de bilhetes Emirates pelo Smiles. Eu tinha percebido isso em uma procura aleatória, mas não tinha me debruçado sobre o assunto. Hoje, decidi dar uma olhada mais cuidadosa, pesquisando no site do Smiles e da Emirates para voos na mesma data e rota. Pois bem, aqui está o que encontrei.

Para a passagem de ida e volta, a taxa é idêntica.

 

Mas, averiguando as passagens só de ida, encontrei discrepâncias assustadoras.

Além de cobrar escandalosas 150.000 milhas em um único trecho entre Brasil e Ásia em econômica, o Smiles está cobrando – pasmem! – R$ 1.656.70 em taxas!!!!!

Para configurar o escândalo, para o mesmíssimo trecho somente de ida de Bangkok para São Paulo, a Emirates cobra THB 8.015,00 que, convertidos, somam R$ 721,87. As taxas aeroportuárias  saem por THB 1.090,00, que são R$ 98,17. O total é de R$ 820,04.

Ou seja: o Smiles está cobrando mais que o dobro do que a Emirates cobra! R$ 1.656,70 – R$ 820,04 = R$ 836,66!

Isso é uma vergonha! Uma diferença de R$ 836,66! Que o Smiles repasse ao viajante as taxas cobradas pela cia aérea é justo e não tem nada demais nisso. Agora, querer ganhar vantagem distorcendo flagrantemente as taxas cobradas pela empresa aérea é um abuso e um absurdo.

Não sei se há algum funcionário do Smiles seguindo o Milhas e Destinos, ou se algum leitor conhece alguém do Smiles para explicar essa distorção. Gostaria muito de ouvir a explicação que a empresa tem a dar.

Atualização: A Smiles respondeu aos meus questionamentos. Leia a declaração da empresa aqui.

 

4 Comentários

  1. LEONARDO OLIVEIRA

    Inacreditável. Lamentável. Eu tô desanimando com o Smiles. Parabéns pela matéria e pelo site.
    Não conheço ninguém do Smiles. Sugiro mando um e-mail.

  2. Daniel

    A melhor opção é denunciar tal no consumidor.gov.br

    Não sei se por ser acompanhado pelo Ministério da Justiça e MPs estaduais da área do consumidor as cias aéreas tentam responder rápido e com solução.

    Por exemplo, reclamei que em um voo GIG/CGH meu assento não reclinava e a GOL me deu crédito de 180 reais sem nem me perguntar….

  3. Beatriz

    Boa ideia! Vou colocar um link do post lá. Obrigada pela sugestão!

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén