A notícia do dia no mundo dos blogs de milhas e aviação comercial nos EUA é a intenção da Qatar Airways em adquirir parte da American Airlines. A aquisição inicial é de USD 808 milhões, o que representa 3.5% da empresa americana. Entretanto, há rumores que o investimento final seja bem maior, chegando a 10% da AA.

Atualmente, os maiores acionistas da AA estão nesse exato patamar de 10%, o que colocaria a Qatar Airways em uma posição privilegiada no quadro societário da AA:

O CEO da American, Doug Parker, não parece nada contente com a notícia. Ele  enviou um memo para os funcionários da empresa dizendo que as ações estão no mercado e podem ser adquiridas por quem quer que seja. Ele continuou dizendo que esta aquisição não vai impedir a AA de se posicionar contra empresas que ela entende que estejam recebendo subsídios ilegais dos seus governos. Ele finalizou o memo afirmando e que a AA continuará fazendo aquilo que considera certo.

Tudo isso é muito surpreendente. Por um lado, a Qatar Airways procurando investir em uma empresa americana em um momento em que o governo Trump faz de tudo para prejudicar as suas operações. Por outro, a American, junto com a Delta e a United, tem procurado o governo americano para implementar medidas contra as empresas do Oriente Médio, pois pagando o mesmo preço, quem vai preferir a United à Emirates, ou a Delta à Etihad, ou a AA à Qatar? Ou seja, querem proteção estatal contra a concorrência, com a justificativa que as empresas árabes são ilegalmente subsidiadas.

Mas a parte final do memo ou é ingênua ou simplesmente enganosa: “And do not worry, per U.S. law, no foreign entity can own more than 25% of a U.S. airline. So there is no possibility that Qatar will be able to purchase enough of American to control or influence our Board, management or our strategy.”

Gente, qualquer um que tenha 25% das ações de uma mega empresa como a AA tem muita influência no conselho, administração e estratégia da empresa. Mas muita, mesmo.

E sempre é bom lembrar que, com essa notícia, as ações da AA subiram e os acionistas estão super contentes.

Paradoxos do capitalismo …

Adendo: e a Qatar Airways tweetou uma resposta pro memo do Doug Parker.