viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Delta

Quebra-quebra em voo da Delta

O último bafafá do mundo da aviação comercial é o que ocorreu ontem no voo da Delta de Seattle para Pequim. É uma história e tanto! O passageiro Joseph Hudek, que voava em um “dependent pass” (com um passe dado por algum funcionário da Delta), simplesmente tentou abrir a porta do avião quando ele sobrevoava Vancouver e bateu em tripulantes e passageiros que tentaram detê-lo. Aqui vai o resumo da história.

Uma hora após a decolagem, Hudek, que estava sentado no assento 1D (classe executiva), foi ao banheiro. Poucos minutos depois, saiu do banheiro e foi à galley fazer uma pergunta para o tripulante E.L.D. Voltou ao banheiro e, dois minutos depois, saiu e tentou abrir a porta do avião.

Nisso, E.L.D. e outro tripulante tentaram impedir Hudek, que se desvencilhou deles e continuou tentando abrir a porta. Enquanto E.L.D. pedia socorro aos demais passageiros e avisava ao cockpit da situação, D.S. tentou, mais uma vez, impedir Hudek de abrir a porta.

Hudek, então, deu dois socos na cara de D.S. e bateu com uma garrafa de vinho na cabeça um passageiro, L.B.A. que tentava ajudar o tripulante! Daí, Hudek, voltou a tentar abrir a porta do avião.

L.B.A. continuou lutando contra Hudek e, enquanto isso, um outro tripulante acertou duas garrafas de vinho na cabeça de Hudek, sendo que uma delas quebrou! Ao que Hudek gritou “Você sabe quem eu sou?”. Nada parecia deter o passageiro descontrolado!

Em algum momento, L.B.A. conseguiu “estrangular” (headlock) Hudek por trás, mas ele conseguiu, mais uma vez, se soltar. Diversos outros passageiros foram para a cabine da executiva para tentar deter Hudek, até que conseguiram restringi-lo com zip ties (aquelas “algemas” de plástico).

Ainda assim, Hudek permaneceu extremamente agitado e combativo e foram necessários diversos passageiros para imobilizá-lo até o pouso de volta em Seattle.

Olhem o estado da galley quando o avião pousou!

Mas gente …

Eu só acho que o funcionário da Delta que deu o passe para Hudek viajar está em maus lençóis …

Abaixo, o relato oficial do incidente.

 

9 Comentários

  1. Aaaddict

    À funcionária que deu o passe foi a mãe dele.

  2. ANTONIO FLORENCIO

    Só uma dúvida, ele conseguiria abrir a porta ou ela é travada eletronicamente? É possível abri-la em pleno voo?

  3. Beatriz

    @Eduardo, há dois tipos de porta de avião: plug type e non plug type. As non plug type abrem para fora, no sentido que a pressurização está empurrando, Elas possuem uma trava de segurança (além dos roletes que encaixam em canaletas que requerem que a porta se mova verticalmente antes da abertura, que por sí já é um sistema mecânico de dificuldade). Se a velocidade do avião for maior que 80 nós, a alavanca não se move, pois há uma trava elétrica que impede o movimento.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén