viaje bem, viaje longe, viaje barato!

LATAM

Relato do Leitor: LATAM mais restritiva na bagagem de mão

Vou transcrever aqui, integralmente, o relato que um leitor, o Marcelo, deixou nos comentários do post sobre as passagens para Miami e México. Ele fala sobre as medidas aceitas pela LATAM para despachar bagagem de mão:

A LATAM, na ânsia de obter o máximo de recursos de seus passageiros, criou mais uma forma de obter dinheiro.

Agora, as malas de bordo são medidas antes do embarque, através de uma caixa de medição.

Até aí, nenhuma novidade, pois a GOL também já o faz há tempos. E não acho que seja uma medida equivocada: estão corretíssimos, pois há passageiros que abusam no tamanho da mala. Ou seja, em tese estariam de parabéns… só que não.

Entretanto, em que pese a iniciativa, ao contrário da GOL, AZUL e AVIANCA (seus concorrentes no Brasil) as medidas que a LATAM está impondo não são o padrão internacional de mala de bordo, ou seja, 55x40x25cm OU 155cm o somatório das medidas.

Ao ver a caixa que utilizam, olhei para a minha Rimowa de bordo e a achei meio pequena para minha mala de bordo, cujo tamanho nunca foi questionado no Brasil ou exterior. E eis que, de imediato, busquei no site da TAM a informação sobre as medidas das malas de bordo.

Pasmem: a LATAM não utiliza as medidas que as companhias nacionais e estrangeiras utilizam para malas de bordo: 55x40x25cm ou 125cm o somatório destas. A LATAM ESTÁ UTILIZANDO MEDIDAS INFERIORES AO PADRÃO INTERNACIONAL E AO DE SUAS CONCORRENTES: 55x35x25 cm.

São 5 cm a menos na largura da mala, o que atinge boa parte das malas de bordo, as quais em regra ostentam 40cm.

Não tive a minha despachada pois estava na fila de prioridades Oneworld e não mediram destes… mas vi pessoas com mala de bordo padrão tendo de o fazer, o que não ocorreria se fosse em quaisquer das demais concorrentes nacionais.

Trata-se de mais uma forma SORRATEIRA da LATAM de obter recursos em desfavor dos passageiros. Enquanto na GOL, AZUL e AVIANCA o passageiro embarca sem problemas com a bagagem de bordo na medida padrão internacional (55x40x25 ou 125cm), a LATAM impõe o despacho de bagagem de bordo e cobrará por tal caso o bilhete seja promocional.

Depois desta, tomei minha decisão: BILHETES, a partir de agora, AINDA QUE PAGUE MAIS CARO, comprarei apenss GOL, AZUL e AVIANCA… LATAM perdeu MAIS UM CLIENTE!

Comentário: As medidas máximas exigidas pela LATAM para despachar bagagem de mão não ferem o padrão internacional, mas são as mais restritas dentre as companhias aéreas nacionais.

AZUL:

LATAM:

Avianca:

GOL:

Então, fica o aviso para os leitores: muito cuidado ao levar sua bagagem de mão na LATAM, pois a empresa é mais exigente em relação as dimensões da mala.

Aproveito para colocar as tabelas feitas no Skyscanner para voos domésticos e internacionais:

3 Comentários

  1. Luiz Servantes

    A LATAM é uma bela porcaria. Em voos internacionais ainda temos algumas opções, mas nos voos domésticos a LATAM deita e rola por conta da política governamental restritiva do Brasil, que impede companhias aéreas estrangeiras operarem no mercado doméstico e por insistência dos passageiros (embora eles estejam perdendo um pouco de mercado interno).

  2. Daniel

    Prezada Beatriz,

    Já comentei em outro blog e faço o mesmo aqui: EXCELENTE ALERTA!!!

    De fato, não há um padrão internacional… mas fato o é que a maioria das estrangeiras e TODAS as nacionais (excetuando-se a LATAM) utilizam a medida maior.

    Poderíamos ponderar que as aeronaves LATAM são menores… mas não o são.

    Em verdade, deparamo-nos com uma medida que passou a ser aplicada pela cia aérea após a implantação da restrição de despacho de bagagem, visando exclusivamente ao lucro…

    E aproveitam que os passageiros possuem bagagem de bordo com medidas que atendem à GOL, AZUL e AVIANCA e lucram exatamente nestes passageiros.

    Em voos regionais, onde buscamos celeridade no desembarque, a obrigação de esperarmos nas esteiras por bagagens que NÃO DESPACHARÍAMOS em voos GOL, AZUL e AVIANCA me leva a concordar com o autor do alerta: GASTAREI MAIS E COMPRAREI VOOS GOL/AZUL/AVIANCA.

    É lamentável (mas não uma surpresa) mais uma ação da LATAM espantando seus clientes… já não voava em trechos internacionais desta pelo péssimo soft product… agora, igualmente não voarei em trechos nacionais….

    Radicalismo? Não.

    Basta lembrarmos que já houve funcionários presos de tal cia (ainda que terceirizados) por furto de bagagem… e, aí, correrei o risco de despachar bagagem de bordo e poder a ter danificara ou furtada quando, viajando em concorrentes, não teria tal risco por não as despachar (até pq não pesam a bagagem despachada no embarque no portão de embarque e, em caso de eventos, tentarão alegar que não havia peso definindo… pode um funcionário mal caráter esvaziar a bagagem e no destino alegarem que você despachou a bagagem vazia – pois não há comprovante do peso desta quando do embarque).

  3. cFred

    Sem querer defender a Tam não consigo ver a diferença citada, a soma das dimensões da bagagem, em voos internos na Avianca e na Azul é de 115cm, assim como na Tam A Gol permite 5cm a mais.

    Nos voos internacionais, todas as cias nacionais tem como soma 115cm, assim como a maioria das estrangeiras.

    Não sei se existe uma medida padrão para as dimensões da malas, se houver e alguma Cia aérea não a seguir, ai sim é um grande desrepeito ao consumidor, se não houver não vejo o motivo da reclamação.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén