O início do meu retorno ao Brasil foi pela Scandinavian Airlines saindo de Helsinki, com uma escala em Estocolmo para então chegar a Frankfurt. Como vocês já sabem, dentro da Europa eu só voo em classe econômica, exceto quando o trecho faz parte de uma passagem em executiva com escala.

A Scandinavian Airlines faz parte da Star Alliance e o acesso se dá mediante um de dois requisitos: estar viajando na classe executiva de uma das empresas parceiras da SAS ou ter status Star Alliance Gold.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

A porta do lounge é pintada de azul para impedir a curiosidade das pessoas do corredor e dar privacidade aos passageiros que lá estão.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Logo que você entra, você avista a recepção à direita.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Para aqueles que não viram a elegibilidade para entrar no lounge antes, tem um reforço em cima da mesa.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

A sala é pequena, mas não estava muito cheia na hora que eu cheguei, lá pelas 7 horas da manhã. Gostei do detalhe da mesa com o porta revistas na ponta. Boa ideia, não?

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Há algumas mesas comunitárias com bancos e outras para quem está só.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

No fundo da sala, há poltronas mais confortáveis.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Eu gostei dos diversos vasos de plantas que dão um toque mais ameno à paisagem bem fria do país.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Esse lounge, ao contrário do lounge Finnair, que é a dona da casa, não tem vista para a pista do aeroporto.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Quem quiser se atualizar com jornais e revistas, há dois móveis com uma boa variedade de opções em inglês, francês e alemão, além do suomi e sueco.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Quem precisa trabalhar também tem seu lugar no lounge. O business center tem computadores e uma impressora à disposição dos passageiros.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Para aqueles que estão viajando com o laptop a tira-colo, há uma bancada com tomadas e luz individual de leitura.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Em relação à oferta de comidas e bebidas, eu achei bem razoável – dadas as características do lounge: não é o país sede da cia aérea e serve exclusivamente voos intra-europeus.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Em relação às bebidas não alcoólicas, havia sucos, café, chá e refrigerantes.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Quem gosta de começar o dia de um modo mais relaxado não fica sem opções. Além do chopp tirado na hora. Pra mim era muito cedo demais. Pensei em provar o chopp finlandês mas, realmente, não consegui.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Para os mais fortes, havia vinho. Eu imagino que, com o passar do dia, outras bebidas como vodka e whisky fiquem à disposição dos passageiros.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Já em termos de comida, havia alguns salgadinhos típicos de fim de tarde com uns drinks. Mas não era só isso, obviamente.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Os passageiros podiam escolher entre diversos tipos de cereais.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Também havia ovos, presunto, folhas, queijo, compota de frutas vermelha, iogurte, tomate e pepino.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Para acompanhar, pães e geleia.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

Tinha aveia para aqueles que gostam de forrar o estômago com algo quente.

Sala VIP Business Class SAS HEL Jan 2017

O lounge não é dos melhores que eu já fui, mas é simples e funcional. Eu cheguei cedo e tomei meu café da manhã por lá mesmo e fiquei bem satisfeita. Na hora que eu cheguei, a sala dava conta do número de pessoas que estavam esperando os seus voos. Pode ser que mais tarde, com mais gente, o tamanho do lounge seja insuficiente. É uma mera especulação.