O último lounge que eu visitei na Austrália foi aquele que eu estava mais ansiosa para conhecer: a sala VIP da primeira classe na Qantas em Sydney no terminal internacional do aeroporto. Afinal, ele é considerado um dos melhores first class lounges do mundo – está em 5o lugar na classificação do Skytrax (clique aqui para ver).

O acesso se dá por meio de uma escada rolante que leva ao primeiro “check-point”. Atrás dessa porta, há um funcionário da Qantas que verifica seu cartão de embarque e sua elegibilidade de acesso à sala.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Logo depois, há um hall com vista para a pista e também com uma parede coberta por plantas. Ao final, uma outra escada rolante.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Dei sorte de ter um A380 parado no portão sendo carregado para voar para Dubai.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Ao subir a escada rolante, o segundo e último “check-point” em que, mais uma vez, verificam seu cartão de embarque.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Passadas as barreiras de acesso, a gente entra no lounge e o impacto é enorme. O design ultra-moderno com diversas partições de um lado a outro. A sala estava bem cheia na hora do café da manhã.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

De qualquer ponto do lounge onde você senta é possível ver a pista. É um prato cheio para quem gosta de plane spotting. Coincidentemente, a sala tem vista para os portões dos A380.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

O ambiente tem diversas partições.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Todas elas com muitos lugares para sentar e relaxar antes do voo.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Os móveis são de couro creme ou bordeaux e são muito confortáveis.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Há um bar e um buffet – este somente com comidinhas básicas, já que um dos pontos fortes do lounge são as refeições à la carte. Observem que não há cadeiras para se sentar no bar.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

O buffet só tinha itens básicos como queijo, presunto, iogurte etc. Como sempre, há a tradicional máquina de café.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Há duas áreas de business center. Uma maior, com diversas mesas equipadas com computadores Apple e telefones e duas impressoras.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Há uma outra área mais privativa semelhante a um escritório, com uma mesa com computador e telefone e uma impressora, além de lugar para sentar.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

As crianças também têm seu ambiente próprio, o que é uma tranquilidade para os pais e para os demais passageiros.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Uma das coisas que a Qantas se orgulha é de oferecer um menu preparado pelo famoso chef australiano Neil Perry, dono do restaurante Rockpool em Sydney. Eu tinha uma enorme expectativa em relação a isso.

O menu do café da manhã de Natal foi o seguinte:

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Decidi pedir dois pratos para experimentar. Para começar pedi o sweet corn fritters with bacon, avocado, creme fraiche and tomato jam (bolinho de milho frito com bacon, abacate, creme fraiche – um creme de leite mais salgado – e geléia de tomate). Para acompanhar, suco de laranja.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Em seguida, pedi buttermilk pancakes with honey, ricotta and nectarine (panquecas com mel, ricota e nectarina).

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Caíram duas lágrimas dos meus olhos, uma por cada prato. Fiquei muito decepcionada. Os bolinhos de milho eram uma massaroca frita sem a menor graça. O bacon, pela foto, já dá pra ver que não estava bem preparado. Quanto ao segundo prato, aviso ao Sr. Neil Perry que ricota não combina com panquecas:  #ficaadica.

Eu mal comi. A atendente perguntou se tinha algum problema e eu preferi dizer que não estava com muita fome. Não quis ser grosseira e nem dar margem a me oferecerem outros pratos. Preferi afogar a minha mágoa numa taça de  champagne enquanto esperava a minha hora no spa.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Sim! O lounge tem um spa que oferece massagem para os passageiros. Quem quiser um tratamento deve marcar hora no balcão de entrada – no segundo “check-point”.  A porta de entrada é bem discreta e fica no fundo do lounge.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

A recepção segue a decoração do lounge em tons sóbrios, móveis confortáveis e também há uma parede viva.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Cheguei 10 minutos antes da hora marcada como me foi requisitado e fui prontamente atendida. A atendente me levou até uma das salas de massagem.

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Linda, não?

Qantas First Class Lounge SYD Dez 2016

Pedi uma massagem nas costas que durou 15 maravilhosos minutos. Considerei como um presente de Natal da Qantas para mim. Terminada a massagem, era hora de me despedir da Austrália rumo à Nova Zelândia.

O lounge é lindo e confortável, com uma decoração de extremo bom gosto e com atendimento nota 10. O spa é sensacional e dá vontade de ficar lá por algum tempo. O único senão foi a comida que, realmente, não atendeu às minhas expectativas. Não sei se escolhi mal – talvez devesse ter escolhido alguma coisa mais tradicional envolvendo ovos. Também levo em consideração que o café da manhã não é uma refeição em que a competência de um chef se sobressaia. Enfim, dei azar …

Mas, ressalto que, quem tem acesso a esse lounge por ser Oneworld Emerald ou viajar na primeira classe da Qantas – os únicos meios de acesso à sala – não pode perder a oportunidade de visitá-lo quando estiver em Sydney. O meu próximo destino era Auckland e tinha um voo pela Air New Zealand mais barato do que o meu voo da LAN. Mas fiz questão de conhecer esse lounge e não me arrependi. Menos um!