Como meu próximo voo seria em econômica pela AirAsia, uma empresa aérea low-cost, tive que procurar um lounge independente para aguardar meu voo. A AirAsia parte do Terminal 1 do Aeroporto de Changi e há duas salas disponíveis para acesso: Dnata Lounge e Plaza Premium Lounge. Escolhi o Plaza Premium por ser a maior operadora de salas VIPs independentes no mundo.

Eu cheguei cedo no lounge para tomar meu café da manhã. Havia uma fila com mochileiros italianos discutindo a elegibilidade para acesso à sala. Demorou bastante tempo até resolverem que só dois iriam para a sala. Mas eu até entendo a confusão toda. Havia uma placa com acesso via Priority Pass e Lounge Key, e além deles havia HSBC, Citi, Diners e outros. Quando chegou a minha vez, eu entreguei meu cartão Citi para testar. Só quando o rapaz passou o cartão pela máquina e foi negado é que ele avisou que só o Citi emitido em Singapura era válido. Imagino que há restrições para os demais cartões também.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Logo na entrada, há uns sofás grandes em forma de colmeia ao redor de uma mesa com cadeiras. Em seguida, há uma sala com diversas poltronas com vista para a pista do aeroporto.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Uma coisa que me impressionou nessa sala foi a quantidade de gente que passou a noite dormindo aqui.  Há três salas VIP como essa aqui, que é uma área mais privativa com uma poltrona para descansar. Tirei essa foto assim que um rapaz saiu.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Essas salas escuras estavam todas ocupadas com pessoas dormindo, malas e mochilas.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Também em forma de colmeia, há cubículos com lugar para sentar e uma prateleira para trabalhar. Todos os cubículos dispõem de tomadas elétricas. Fiquei aqui um bom tempo preparando posts para o blog e tomando café.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Há também essa bancada com tomadas perto de uma área com mesas para comer. Eu achei essa bancada fora de lugar, pois ela fica em frente ao balcão com as bebidas das fotos abaixo. Vocês concordam ou eu não entendo nada de decoração (podem falar … rssss).

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Havia bebidas para todos os gostos: desde alcoólicas, até o tradicional café de máquina feito na hora, leite, sucos, águas, chás e refrigerantes.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Em termos de comida, a reposição deixou a desejar.  Eu tive que esperar algum tempo para conseguir essas fotos com os recipientes mais ou menos cheios.

É claro que estamos na Ásia onde as refeições diferem radicalmente do Ocidente em geral. Então, é natural que haja uma oferta maior de comidas da região.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Fiquei surpresa de ver kimchi aqui, um prato típico e apimentado da Coreia do Sul.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Também há uma tentativa de agradar os japoneses com miso.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Havia saladas, uma massa fria (não sei a origem) e iogurte.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Para o gosto mais ocidental, havia pão, cereais, croissants e laranjas.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Até a minha saída da sala os frios não haviam sido repostos.

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

Um outro problema foi a comunicação: os funcionários não falam inglês. Pedi o all day breakfast e uma senhora falando não sei qual língua apontava para esse cartaz e balançava a cabeça negativamente. Fiquei bastante tempo tentando entendê-la – e ela a mim – mas não adiantou. Peguei meu café e fui trabalhar. Quando voltei na estação para pegar mais café havia um prato com ovos fritos e torradas em cima da bancada. Um rapaz com roupas de cozinheiro avisou que eram meus! Peguei o prato e tentei comer, mas já estava frio.  Devia estar me esperando fazia tempo …

Plaza Premium Lounge T1 SIN Fev 2017

O lounge também dispõe de chuveiros, mas as portas estavam trancadas – eu juro que não entendo essa política – e precisava pedir a chave e deixar o cartão de embarque como garantia. Deu preguiça.

O aeroporto de Changi é considerado se não o melhor, um dos melhores do mundo. Assim sendo, não acho que vale a pena pagar para ficar nesse lounge. Curta o aeroporto!