viaje bem, viaje longe, viaje barato!

Programas de Milhas, Programas de Milhas

Smiles: Novos Meios de Acumular Milhas Qualificáveis

Ontem, eu postei sobre as mudanças radicais do Clube Smiles. Além ótima notícia que as milhas terão validade de 10 anos, um  outro benefício chamou a atenção: as milhas do Clube agora se transformam em milhas qualificáveis na proporção 10:1.

Hoje, fui checar quantas milhas tenho e quantas preciso para ser Diamond, quando me deparei com essa informação aqui embaixo:

Agora, os pontos transferidos do cartão de crédito se transformam em milhas qualificáveis na proporção 10:1. É um ótimo benefício! As milhas qualificáveis servem para alcançar status com o programa e, quanto maior o seu status, mais benefícios você tem.

A Smiles está aprimorando o seu produto em função das necessidades dos clientes e  isso é tão estranho no mundo dos programas de milhas que a gente até desconfia. Mas, no momento, estou dando um voto de confiança para o programa. Faltam duas coisas para a Smiles se tornar o melhor do Brasil:

(1) maior disponibilidade com as parceiras em cabine premium. Na Qatar, Air France, KLM está impossível de achar passagens em executiva. Para a Europa a única executiva que aparece é com a TAP.

(2) quantidade mais razoável de milhas necessárias para emissão: 90.000 milhas em executiva do Brasil para os EUA com a Copa Airlines em um B737 é um exagero (180.000 ida e volta!). Via TAP Victoria, a ida e volta em executiva  do Brasil para os EUA sai por 90.000, voando nos assentos-cama do moderníssimo B787 da United, ou no A330 da Avianca.

Enfim, já tem um tempo que ouço muitas críticas a Smiles. Espero que os executivos do programa estejam realmente promovendo as mudanças necessárias para fazê-lo voltar a ser o que já foi um dia.

 

 

12 Comentários

  1. Henrique

    Beatriz, bom dia! Essa proporção de 10:1 em milhas qualificáveis já se aplica ao Smiles há um bom tempo! E não vale só para cartão de crédito mas também para quase todos os parceiros não aéreos. Por exemplo, transferência do Dotz, compra em hotsites de e-commerce parceiros. O TudoAzul também faz a mesma coisa, porém a proporção dele é pior, é de 15:1. E a regra é a mesma, vale tanto para transferência dos cartões quanto para todos os parceiros não aéreos.

    • Henrique

      Só complementando o TudoAzul… O pontos vindo do cartão co-branded da Itaú qualificam na proporção 10:1, mas com a desvantagem de nunca poderem aproveitar os bônus de transferência.

  2. Beatriz

    Henrique, muito obrigada pela contribuição! Há 2 anos, fiz minha última transferência pra Smiles e não recebi nada. Nunca olho meu status e hoje, quando vi essa informação, foi novidade para mim.

  3. Tenho cartão Smiles Gold, você sabe me dizer se nas transferencias diretas do Bradesco recebo pontos qualificaveis? ou os cartão co branded não dão esse beneficio?

    • Beatriz

      Não existe nenhuma exceção na regra, Claudete: 11.18. A categoria do Participante no Programa Smiles será definida de acordo com a quantidade de Milhas Qualificáveis acumuladas ou pela quantidade de Segmentos Aéreos voados durante o ano civil (janeiro a dezembro)com as Parceiras Aéreas nas hipóteses apresentadas a seguir e na seguinte proporção ora vigente:

      a) 10 (dez) Milhas Smiles obtidas com Parceiras Comerciais, Parceiros Financeiros ou por meio do plano do Clube Smiles ativo ou produto que permita tal acúmulo nos termos do regulamento do produto e à critério da Smiles, dão direito a 01 (uma) Milha Qualificável, exceto milhas distribuídas a título de bônus, ou seja, emitidas não em decorrência da efetiva prática de um Ato Gerador de Milhas;

  4. Maria Beatriz Bianco

    Boa tarde a todos
    As milhas qualificáveis que conduzem você a subir de categoria.

    Porém no próprio site eles relacionam MILHAS VOADAS = MILHAS QUALIFICÁVEIS

    O que entendo por isso? Que se eu voei de RJ para Amstedan, são 5.947 milhas, esta quantidade de milhas tem que fazer parte das minhas milhas QUALIFICÁVEIS (não confundir com MILHAS A SEREM CREDITADAS NO PROGRAMA SMILES, OK?).

    A Smiles / Gol não está querendo entender assim, mas eu tenho certeza que eles estão cometendo PROPAGANDA ENGANOSA se não cumprirem com o que está escrito!

    Concordam?

    • Beatriz

      Depende da classe tarifária que vc comprou, Maria Beatriz. Nas parceiras, as milhas qualificáveis e as milhas de acúmulo são a mesma coisa (veja o regulamento 11.4.b) 01 (uma) Milha Smiles proveniente de Parceiras Aéreas dá direito a 01 (uma) Milha Qualificável, exceto milhas distribuídas a título de bônus, ou seja, não em decorrência da efetiva prática de um Ato Gerador de Milhas.
      Imagino que você tenha voado pela Air France/KLM. Envio o link da tabela.
      https://www.smiles.com.br/air-france-klm

    • Henrique

      Maria, acho que há um equívoco quando você diz “Milhas voadas”, pois na realidade a Smiles usa o termo “Milha acumulada = Milha qualificável”. E por milha acumulada aí vai depender de várias coisas, como a Beatriz explicou no comentário acima.

      • Olá, pessoal!

        Estou com dúvidas sobre esse conceito de “milhas qualificáveis” quando se referem a milhas provenientes de voos da Delta, Air France e KLM.
        Vamos pegar o exemplo da tabela que está no link compartilhado pela Beatriz. Cada cabine e cada classe de reserva possui uma quantidade chamada de “Total de Acúmulo” que é igual a “Base Miles” + “Bônus por cabine”.
        O regulamento do Smiles a respeito das milhas qualificáveis de parceiros aéreos não é muito claro. Vejamos:
        “Item 11.3.b) 01 (uma) Milha Smiles proveniente de Parceiras Aéreas dá direito a 01 (uma) Milha Qualificável, exceto milhas distribuídas a título de bônus, ou seja, não em decorrência da efetiva prática de um Ato Gerador de Milhas”.
        A expressão “exceto milhas distribuídas a título de bônus” parece ser claro, mas, logo depois está escrito: “ou seja, não em decorrência da efetiva prática de um Ato Gerador de Milhas”.
        O texto antes do “ou seja” leva a crer que o “Bônus por cabine” se enquadra na definição de bônus e não contaria como milha qualificável. Porém, o texto depois do “ou seja”, que serve para definir “milhas distribuídas a título de bônus”, dá a entender que o “Bônus por cabine” corresponde sim a milhas qualificáveis já que esse bônus é decorrente “da efetiva prática de um Ato Gerador de Milhas”, nesse caso o voo em uma cabine cujo “Total de Acúmulo” engloba o “Bônus por cabine”.
        Qual é a interpretação de vocês? Alguém já teve crédito de milhas da Delta no Smiles depois da mudança das regras e saber nos dizer o que está valendo?
        Abraço!

        • Beatriz

          Leo, vou voar Delta agora em dezembro e vou mandar as milhas pro Smiles. A redação é confusa e não passou por um revisor. Vou voar Delta em business agora em dezembro creditando na minha conta Smiles. Vamos ver o que vai acontecer.

    • Beatriz

      Super! E de acordo com o Código de Defesa do Consumidor a interpretação é SEMPRE favorável ao consumidor …

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén