viaje bem, viaje longe, viaje barato!

United, Variados

United Cancela Bilhete de Passageiro que Filmou Discussão

Os funcionários das companhias aéreas americanas baseados nos EUA se acham deuses, mas os passageiros estão começando a reagir aos abusos. Ontem foi a vez de um passageiro ter sua passagem arbitrariamente cancelada por ter filmado a discussão com uma funcionária da United Airlines. E o que é pior: ela chamou a polícia para resolver o problema!

O setor da aviação comercial nos EUA pós 9/11 está um pavor. Qualquer problema é encarado como uma distração para um ataque terrorista e os funcionários chamam a polícia para resolver o mínimo questionamento das suas decisões.

Neste caso, a agente falou que o passageiro teria que pagar USD 125 pela bagagem na ida, mas a volta custaria USD 300! O passageiro não se recusou a pagar, mas obviamente questionou o valor da volta (quem não questionaria USD 300????). Daí ele sacou o celular e começou a filmar. Resultado: passagem cancelada e polícia. Observem o nível do abuso: a funcionária cancelou a passagem só porque o passageiro discutiu com ela!

O melhor de tudo não está no vídeo: quando a polícia chegou, ela liberou a filmagem pois isso não constitui crime algum. E a United soltou o seguinte pedido de desculpas:

The video does not reflect the positive customer experience we strive to offer, and for that we apologize. We are reviewing this situation, including talking with Mr. Oza and our employees to better understand what happened.

Conclusão: se vocês tiverem qualquer problema com companhias aéreas nos EUA, filmem. Filmem tudo.

 

 

2 Comentários

  1. Márcio Feldmann

    Certa vez tive um atraso em uma conexão nos EUA, era um voo NY-RJ que atrasou mais de 10 horas e tivemos que dormir em NY (eu estava vindo de LA). Quando fui filmar, a funcionária da American Airlines disse que era crime federal eu filmar. Ela sabia que eu era brasileiro e não conhecia as leis americanas.
    Pelo desconhecimento das mesmas, achei melhor não correr o risco.
    No final ela foi bastante atenciosa, mas é claro que os bons tratos tiveram que começar por mim.
    Isso foi em 2013.

    • Beatriz

      Nas áreas públicas como aeroportos a 1st amendment permite a filmagem. Já dentro do avião, os comissários podem impedir a filmagem do equipamento.

Deixe um comentário

Theme by Anders Norén