A American Airlines introduziu a classe premium economy há cerca de 18 meses. Uma das primeiras rotas contempladas foi São Paulo – Dallas e eu tive a oportunidade de experimentar a cabine logo no início das operações.

Parece que a aposta na cabine, já adotada há alguns anos pelas companhias europeias e asiáticas, deu tão certo para a AA, que a empresa decidiu modificar a configuração de seus B787-800.

A executiva nessas aeronaves é dividida em duas cabines: uma maior com 5 fileiras  e uma mini cabine com duas fileiras, perfazendo o total de 28 assentos na executiva.

Cabine executiva principal do B787-800 da AA

Pois, bem. Há fortes rumores que a American vai tirar esses 8 assentos da mini cabine e substituí-los por 3 ou 4 fileiras de premium economy, que tem a configuração 2-3-2.

Eu teci algumas considerações sobre a relação custo benefício no trip report de São Paulo para Dallas  (clique aqui para ler) e ainda mantenho minha opinião até a presente data.

Vocês já experimentaram a premium economy da American? Gostaram? E a relação custo-benefício?