Todos nós que já viajamos para os Estados Unidos sabemos como é difícil a entrada no país. Para mim, é o momento mais estressante da viagem. Não que eu ache que serei barrada ou levada para “a salinha”. Mas pela fila, mesmo, caso eu não consiga entrar direto usando os quiosques eletrônicos na chegada. Eu já fiquei 2 horas em uma fila em Miami – uma experiência traumática que, tenho certeza, alguns de vocês já passaram.

Estava em Vancouver hoje e, como nunca tinha saído do Canadá para os EUA, tive uma grata surpresa. Para deixar claro, eu nunca nem tinha ido ao Canadá e depois farei um post sobre os procedimentos de entrada no país para brasileiros.

Enfim, a imigração para os EUA foi feita em Vancouver mesmo, que tem um terminal dedicado exclusivamente para voos que partem do Canadá para os EUA. Gente, é pra glorificar de pé! Fila pequena ou inexistente dependendo do caso; visto dado pelo agente em 2 minutos tops! Chegando nos USA é só pegar a mala e pronto!

Aí fui fazer uma pesquisa básica – ossos do ofício … O departamento de US Customs and Border Protection (CBP) tem alguns aeroportos onde é possível fazer a preclearance, ou seja, passar pela imigração para os EUA em um terceiro país.

No Canadá, isso é possível em Calgary, Toronto, Edmonton, Halifax, Montreal, Ottawa, Vancouver, e Winnipeg.

Além do Canadá,  é possível fazer a preclearance em Dublin e Shannon na Irlanda; Aruba; Freeport e Nassau nas Bahamas; Bermuda e Abu Dhabi.

O CBP já está implementando o mesmo procedimento em Estocolmo e Punta Cana.

Para acessar o site do governo americano, clique aqui.

Alguém já teve essa experiência? Sentiram alívio como eu?