A United Airlines tem tido enorme dificuldade na instalação da sua classe executiva Polaris em suas aeronaves. A empresa possui diferentes aeronaves para longa distância e, inicialmente, sua proposta de retrofit das novas cabines foi bastante ambiciosa.

Infelizmente, a realidade foi mais dura do que a expectativa. Desde 2016 até hoje, a empresa até hoje não tem padronização na sua cabine executiva: há aeronaves com a configuração 2-4-2, outras 2-2-2 e a Polaris com 1-2-1. Eu já até escrevi um post sobre isso há um ano e meio (clique aqui para ler).

Atualmente, a United conta com a seguinte frota:

  • Todos os B77W e B787-10 já contam com a Polaris.
  • 13 de 14 B767 já foram retrofitados (o 14o está na oficina recebendo seu banho de loja), sendo que a empresa tem 38 B767. Somente 14 serão retrofitados e o restante, aposentado.
  • 13 do 51 B772 foram reconfigurados.

Os seus B767-400 e B757 não receberão a nova cabine, pois serão retirados da frota à medida que os Dreamliners são incorporados.

Mas parece que agora a United decidiu marcar uma data para resolver a situação com seus B787. A companhia vai iniciar o retrofit de seus Dreamliners ainda em 2019 com previsão de término para o final de 2020.

Serão 37 aeronaves com a Polaris.

Como é …
… como ficará.

Fora os B77W e os B787-10, não há como saber se a sua aeronave está equipada com a nova cabine. É necessário procurar o mapa de assentos no ExpertFlyer.

A United é membro da Star Alliance, mas não costuma liberar assentos facilmente para cabines premium em suas aeronaves com antecedência para as parceiras. Também soube que o Amigo não está mais emitindo United (a confirmar!). O jeito é resgatar com a própria United ou com o Lifemiles.