Por experiência própria, eu sei o quanto pode ser receoso chegar num país de uma cultura e língua muito diferente da nossa, sem saber como sair do aeroporto, ainda mais quando se é mulher e está viajando sozinha. Será que os táxis são confiáveis? Dá para ir de transporte público? É perigoso chegar à noite?

Bangkok é um desses lugares: longe daqui, diferente e a gente não tem a menor ideia de como se fala ou escreve em tailandês. Estive lá duas vezes, e nas duas vezes cheguei sozinha à noite no principal aeroporto da cidade, o Suvarnabhumi (BKK). O outro é o Dom Muang, que não conheço. Então, esse post é para quem vai chegar via BKK.

Da primeira vez, peguei um táxi. É tranquilo? Geralmente é,  mas você tem que se prevenir.

Você deve se dirigir a um quiosque que exibe o tipo de carro que você deseja e retirar uma confirmação em papel. Nessa confirmação tem o número da vaga onde o táxi está estacionado, a placa do carro e o nome do motorista. Mantenha o papel consigo até o final da viagem. Tem um vídeo feito pelo próprio aeroporto que é muito bem explicado.

Ou seja, se recuse a pagar um preço fixo. Tem muito taxista que oferece isso, mas o preço é muito superior àquele que você pagaria no taxímetro. Então, antes de entrar no táxi, pergunte em inglês – todos sabem um pouco. Se ele disser que o preço é fixo, não discuta, volte para o quiosque e comece tudo de novo.

Pode acontecer de o taxista te pedir mais dinheiro quando você chegar no hotel. Aí você deve sair do táxi, pedir para que alguém tire as malas do bagageiro e chamar alguém do hotel. Situação resolvida em 100% dos casos.

Táxi em Bangkok só com dinheiro vivo. Então, você já tem que chegar lá com Thai baht, que é o dinheiro deles. Se não tiver tido a oportunidade de trocar dinheiro, você pode fazê-lo no próprio aeroporto. Lembre-se que você só deve trocar o necessário para o transporte e alguma eventual emergência. Você também pode sacar dinheiro dos caixas eletrônicos disponíveis no terminal.

O custo do aeroporto para o centro da cidade é de aproximadamente THB 300-400, com tudo incluso. O taxímetro já começa nos THB 35 e tem uma tarifa extra de aerporto de THB 50. Dependendo do hotel que você vá, ainda há o pedágio para ser acrescentado na conta.

Na segunda vez que fui, voltei a pesquisar na internet. Li tanta gente reclamando do serviço de táxi que decidi contratar um motorista particular na internet. Alías, contratei um pacote VIP completo que incluiu uma pessoa me esperando na porta do avião, assim como imigração expressa e transporte até meu hotel. A imigração em BKK pode demorar bastante tempo dependendo da hora que você chega, então achei que valeu a pena. Não demorei nem 3 minutos na fila e na saída tinha um motorista me esperando.

Dei uma pesquisada e contratei a Bangkok Airport Limousine. Só o táxi custa THB 900, mas com todos os serviços que pedi a conta chegou aos THB 1950.

Chamo a atenção de vocês para o seguinte fato relevantíssimo: antes de ir para a imigração, você deve passar no guichê que verifica se você está em dia com a vacina contra a febre amarela. Você passa por ele indo para a imigração. Então, fique esperto, senão vai perder um tempão voltando pro guichê e, depois, pra imigração de novo. Obrigada! De nada!

Por último, já soube que tem Uber operando no aeroporto. Eles pegam os passageiros no andar das chegadas (Level 2/Arrivals) e mandam uma msg avisando o portão que ficarão esperando (Door # x).  As tarifas são: UberX THB 300 + pedágio e UberBlack THB 1,000 + pedágio

Espero ter ajudado vocês. Abraços!