Copenhagen é uma cidade compacta e sustentável, com transporte público de qualidade. Na Escandinávia isso significa que táxi é caríssimo. A bandeirada entre o aeroporto de Kastrup e o centro da cidade (e vice-versa) começa com 50 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 26,00 ao câmbio de hoje – e nos fins de semana é 70 coroas) e até chegar na cidade, o passageiro já está negociando um rim no mercado negro. Então, para casais e passageiros viajando sozinhos a solução mais econômica é o metrô, que é super limpo, rápido, prático e barato.

Assim que sair com suas bagagens do terminal (Kastrup tem 2), siga as placas que indicam a estação de trem. Você vai chegar nessa área da DSB – a empresa de transportes da Dinamarca – a com diversos quiosques para comprar a passagem.

Na primeira tela, há a opção de escolher a língua inglesa na parte inferior.

Aí facilita, não? 😉 Você pode selecionar “Ticket” ou “Quick Buy” se o seu destino final for a Copenhagen Central Station.

Selecionando “ticket”, outras opções de estação aparecem. Escolha a sua estação. Caso não seja uma das listadas inicialmente – as mais populares – clique na opção “Another station”, que levará para as demais estações. A minha estação era Kongens Nytorv.

Em seguida, selecione o número de adultos, crianças e idosos viajando. Perceba que há diferença de preço entre crianças de 0-11 anos e 12-15 anos. Ah, e cachorros são permitidos e pagam passagem como crianças entre 12-15 anos!

No meu caso, a passagem era para um adulto. Em seguida, pressione “Now”.

A tela seguinte mostra o preço da viagem – 36 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 20,00). Pressione “add to basket”.

Na tela seguinte, pressione “pay”. Veja no canto superior à direita marca a hora de compra da passagem (9:45) e no bilhete consta 1 voksen (1 adulto), a data, e a validade do bilhete (9:45 – 11:15). Ou seja, você tem 1 hora e meia para utilizá-lo.

É possível pagar com moedas, notas, cartão de crédito e débito. A máquina dá troco.

À esquerda, insira as moedas, se for o caso. Na parte direita há o teclado para digitar a senha do cartão, e abaixo dele, o lugar para inserir o cartão. Abaixo, a fenda para inserir as notas. E mais embaixo é o local onde sai o ticket.

A estação fica a 20 passos dos quiosques e é necessário validar o ticket na catraca.

Todos os trens saem na mesma direção, então você não deve se preocupar se está no lugar certo. O aeroporto (Lufthavnen) é estação final da linha M2 (amarela).

O metrô funciona 24 horas por dia, com os trens saindo cada 5 minutos durante o dia e em intervalos de 15-20 mins durante a noite. A viagem leva cerca de 20 minutos.

Dependendo de onde você vá, pode ser necessário fazer baldeação com o sistema de trens da cidade (S-Tog). Basta você colocar o destino final, que todas as conexões estarão incluídas no preço e no bilhete.

Muita atenção: apesar de a catraca ser aberta na estação, isso não quer dizer que você vai ser “esperto” e viajar de graça. Na minha volta da cidade para o aeroporto, um fiscal entrou em uma das estações e verificou o bilhete de todos. Há uma multa pesada para a “esperteza”.

Espero que o post tenha sido útil para vocês!