Li no Meu Milhão de Milhas, do competentíssimo e queridíssimo Guilherme, que o Santander está dando 5 meses gratuitos de status Gold para seus clientes AAdvantage Black. É claro que esse benefício é melhor que nenhum benefício, mas vocês ainda acham que vale a pena pagar uma anuidade de cerca de R$ 1.200,00 (não sei se já aumentou)?

O histórico do cartão é conturbadíssimo (e eu tenho um post-resumo de todos os problemas do lançamento – clique aqui para revivê-los!): chegou abalando o mercado, oferecendo a primeira anuidade gratuita e visitas ilimitadas e gratuitas aos lounges do Priority Pass e pontuação diferenciada para passagens compradas diretamente na AA. Aos poucos, o príncipe virou sapo quando muita gente teve o cartão negado e, quem conseguiu, teve que suportar a redução de acessos ao atual parceiro Lounge Key a 4/ano.

Me parece meio claro que pouca gente toparia pagar essa anuidade por esses 4 acessos ao ano. Até por que a faixa de rendimento do público-alvo é alta e muitos desses clientes já emitem bilhetes – em dinheiro ou milhas – em cabines premium que dão acesso automático aos lounges das companhias aéreas.

Imagino que o pessoal do Santander AAdvantage Black esteja tentando fechar o ano com menos prejuízo para oferecer status na AA.

Conheço muita gente que só mantém o cartão porque conseguiu isenção total da anuidade, e conheço um outro tanto de gente que não conseguiu o desconto e cancelou o cartão.

A pergunta é: será que isso salva o cartão?

OBS: Só para esclarecer, além dos 40% de milhas bônus ao voar na AA ou parceiras OW, os benefícios Gold são os seguintes: