Meus sais … acabou de dar no Aeroin que Germán Efromovich perdeu o controle acionário da Avianca Holdings (a Avianca Brasil e a Avianca Argentina não pertencem a Holgdings) para a United, por meio da investidora Kingsland.

Aparentemente, o motivo foi um calote de um empréstimo, cuja garantia eram ações do grupo Synergy na Avianca Holdings. O problema é que, por conta de uma cláusula que consta em convenção coletiva com seus tripulantes, a United não pode assumir o controle de outra companhia aérea. Daí a Kingsland, que é a segunda maior investidora da Avianca Holdings, estar no controle.

Segundo o Aeroin, a United ressalta que continuará tendo uma operação separada da Avianca Holdings, e também informou que juntamente com a Kingsland está disposta a oferecer um novo empréstimo USD 250 milhões caso a Avianca precise e requisite. 

Germán Efromovich é irmão de José Efromovich que, por sua vez, controlava a Avianca Brasil que, by the way, teve suas operações suspensas pela ANAC hoje.

Minha única preocupação nessa história toda: minhas milhas Lifemiles …

Para ler o post do Aeroin, clique aqui.

OBS: Sei que tenho andado ausente, mas estou atolada de trabalho. Peço desculpas por não ter postado nada essa semana!