A Emirates vai reduzir suas frequências para o Brasil a partir do próximo dia 8 de dezembro de 2018. A empresa realizou uma revisão de suas operações, afim de garantir uma melhor utilização comercial de sua frota de aeronaves.

O voo diário EK263, ligando Dubai (DXB) a Santiago do Chile (SCL) via São Paulo terá um voo a menos, caindo para quatro voos semanais. O mesmo ocorre no sentido inverso no EK264, Santiago do Chile (SCL) a Dubai (DXB) via São Paulo (GRU).

Os atuais EK261 e EK262 voos operado pelo Airbus A380, não sofreram alteração, permanecendo diário. Com o corte de um voo, a Emirates irá disponiblizar no total 11 voos semanais entre Dubai (DXB) e São Paulo (GRU).

Já os voos diários EK247 para o Buenos Aires (EZE) via Rio de Janeiro (GIG) terá duas frequências a menos a partir de 7 março de 2019. O voo EK248 no sentido inverso, também foi reduzido para cinco semanais. O equipamento utlizado na rota continua a ser o Boeing 777-300ER.

Além do corte de voos para o mercado, brasileiro, chileno e argentino, a Emirates também anunciou cortes em outros mercados na Ásia, Estados Unidos e Europa. Como podemos ver pela posição da Emirates, os cortes realizados não se devem pelo motivo das futuras obras da pista Sul (12R-34L), no aeroporto de Dubai.

Os passageiros são aconselhados a visitar o site http://www.emirates.com para verificar as datas e os horários atualizados.

O texto foi originalmente publicado aqui.