Como a maioria de vocês sabe, a Smiles agora está oferecendo dois tipos de bilhetes para emissão com milhas: aqueles com tarifas comerciais e aqueles com tarifa award.

Inicialmente, a Smiles, sem comunicar nada para nós clientes, distinguia as duas tarifas por meio do carimbo do Viaje Fácil abaixo do logo da companhia aérea escolhida. Assim, quando havia o carimbo, a passagem era award, e permitia o cancelamento com estorno das milhas mediante o pagamento de R$ 250,00, não havia cobrança de tarifa de combustível, etc.

Por outro lado, as tarifas comerciais eram identificadas pela ausência do carimbo do Viaje Fácil abaixo do logo da companhia aérea. Essas tarifas não permitiam cancelamento ou alteração, ou seja: se você utilizasse suas milhas com elas e depois, por um imprevisto qualquer não pudesse viajar, você perderia todas as suas milhas. Também não havia franquia de bagagem, mas havia cobrança de taxa de combustível com a TAP, por exemplo.

Hoje, dando minha vasculhada na Smiles, descobri que ampliou o leque de regras tornando mais importante do que nunca ler as regras tarifárias antes de emitir o bilhete.

EXEMPLO 

Vejam só essa passagem comercial TAP, ida e volta em econômica, entre Rio de Janeiro e Frankfurt, nos dias 11 e 18 de julho, em tarifa comercial.

Incríveis 197.500 milhas (eu sei que é alta temporada – mas é TAP em econômica!), com R$ 1.258,00 em taxa de combustível mais R$ 554,56 de taxas de embarque, totalizando R$ 1.812,56 + 197.500 milhas!

Com essa tarifa, é possível levar uma peça de bagagem e o reembolso das milhas também é possível mediante o pagamento de … USD 400!

Os preços estão absurdos. Mas antes sequer havia a possibilidade de restituição das milhas.

Então, repito: é essencial ler as regras tarifárias na emissão de bilhetes com milhas com a Smiles.