O leitor Thiago Boldrani informou que, nesta madrugada, ele e mais seis passageiros (todos na mesma reserva) foram retirados de um voo da Ethiopian rumo a Addis Ababa.

De acordo com o seu relato, ele já havia feito o check in e tinha despachado as malas. A negativa ocorreu no momento de embarque, mesmo.

“No check in falaram que tinha dado problema de diferença de horário, na reserva da Avianca o voo saia uma hora depois, mas resolveram o problema e emitiram os boarding pass.
Eles cancelaram foi por ter sido Amigo mesmo, na carta que eu pedi está bem claro que essa foi a razão”.

E, como vocês sabem, o voo da Ethiopian sai de madrugada de São Paulo. Isso significa que o Thiago e seus amigos/familiares tiveram que procurar hotel no meio da madrugada …

Como bom leitor de blogs de milhas, o Thiago procedeu de forma correta: conseguiu arrancar uma carta da empresa confessando que a negativa de embarque ocorreu porque o bilhete foi emitido pelo programa Amigo.

Segundo o Thiago, desde abril ele vem trocando emails com a empresa sobre os bilhetes e foi garantido que eles seriam honrados. Tanto que estavam ativos no sistema e ele conseguiu até mesmo fazer o check in.

Para mim, a situação é estranhíssima por dois motivos.

Em primeiro lugar, deixaram o passageiro fazer o check in, despachar as malas e vão encrencar com ele na hora de entrar na aeronave? É a primeira vez que vejo isso: dar problema com a reserva entre o check in e o embarque …

O outro dado importante é que esse é o primeiro caso que tenho conhecimento em que a Ethiopian nega embarque para passageiros com bilhetes Amigo. Nunca vi nenhum relato em blogs especializados sobre isso.

Será que a situação foi pontual ou a Ethiopian decidiu que não irá honrar os bilhetes? Tentarei contato oficial com eles e, quando (e se!) obtiver resposta, posto aqui para vocês.