Há muitos anos não voava na classe executiva da Iberia. Para vocês terem uma ideia, a última vez que voei, ainda tinha a cabine antiga. Então, estava bastante curiosa para experimentar a empresa de novo.

O VOO

O voo partiu pontualmente do aeroporto Tom Jobim às 19:20 e chegou em Madri cerca de 10 horas depois. A viagem foi tranquilíssima, sem aquela característica turbulência sobre o Atlântico na altura da linha do Equador.

A CABINE

A Iberia tem 5 fileiras na classe executiva, na configuração 1-2-1. Todos os assentos têm acesso ao corredor.

Os assentos do meio podem ter os consoles centrais – o que dá mais privacidade, ou os consoles podem estar na parte externa do assento, o que é ideal para pessoas que viajam juntas.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Os assentos da janela são alternados: um tem mais privacidade, pois o console fica no corredor, e outro, menos privacidade, pois o console fica ao lado da janela.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Aproveitei para dar uma olhada na econômica e fiquei muito surpresa com os assentos – vejam como eles são estreitos! Misericórdia!

IB Economy Class A332 GIG – MAD mai 2018

OS ASSENTOS

Os assentos são confortáveis, com bom espaço para as pernas. O descanso para os pés é bom, pois não limita os movimentos. A tela de entretenimento tem um bom tamanho,  é touch screen e tem boa velocidade de resposta ao toque. A seleção de filmes estava muito boa!

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O console lateral é bem largo e conta com uma luz individual de leitura.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

No console, há um espaço para guardar pequenos pertences – o suficiente para colocar o celular, cabos, amenity kit e um tablet.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Na lateral, há dois controles: um do IFE e outro do próprio assento.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Também há uma tomada elétrica e uma porta USB à disposição do passageiro.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

A mesa de refeições também é de fácil manuseio e tem um bom tamanho.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O AMENITY KIT E OUTROS PRODUTOS OFERECIDOS A BORDO

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O amenity kit da Iberia é bem razoável.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Os produtos são L’Occitane – hidratante, creme labial, creme para as mãos e uma toalhinha para o rosto. Além dos tradicionais meia, protetor de olhos e de ouvidos, escova e pasta de dente, também há um saco para colocar sapatos, além de um pente.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Os fones de ouvido, por outro lado, são bem básicos, mas são suficientes.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O edredon também não é excepcional, mas plenamente suficiente para o voo.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

A Iberia disponibiliza um voucher de wifi para os passageiros da executiva. Ele dá direito a no máximo 30 mins de uso com 50MB de dados. Eu testei e acho que deu bem menos de 50MB. A velocidade era decente, mas a experiência durou menos de 15 minutos. Minha média de uso diário fica entre 50-70MB …

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O SERVIÇO DE BORDO

Aqui é que foi o calcanhar de Aquiles do voo. Tinham três comissários atendendo a executiva: um rapaz e duas moças. O rapaz só veio perguntar sobre o jantar. O resto do serviço foi feito por duas comissárias que atenderam todos os passageiros da cabine.

Elas serviram todo o corredor da direita e depois começaram pela última fileira do corredor da direita. Isso fez com que o passageiro do assento 1A fosse o último a ser servido.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Agora, verdade seja dita: elas trabalharam muito e deram conta do recado. Não é culpa delas se o CEO da empresa, o Sr Alex Cruz, decidiu arrasar com a Iberia e a British, não é mesmo?

Inicialmente, ainda em terra, serviram cava e ofereram jornais e revistas.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Pouco depois da decolagem, o rapaz passou para perguntar sobre o jantar. Aí veio uma surpresa: não foi disponibilizado o menu. A escolha foi tipo chicken or pasta, porque era impossível saber o acompanhamento dos pratos. Tampouco foi possível saber quais vinhos estavam sendo oferecidos, além do tinto ou branco. Não vamos nos esquecer que essa passagem não sai por menos de R$ 9.000,00 …

Algum tempo depois, as comissárias passaram primeiro com as toalhinhas quentes.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Em seguida, serviram o jantar. Pelo menos, a entrada foi servida primeiro.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

A salada estava sem inspiração, mas os camarões estavam decentes.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Também foi servido um consommé de carne que não estava de todo ruim, mas tinha um aspecto de chá.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Na mesma bandeja, aproveitaram para deixar os queijos e frutas do final da refeição.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

Depois chegou meu frango – que descobri, era recheado com espinafre e acompanhado de batatas assadas e tomate cereja. Estava bem saboroso.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

O café da manhã foi a mesma coisa – sem menu, e um prato único servido para todos os passageiros. As torradas eram de baixa qualidade – tipo de pacote de supermercado.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

A omelete estava decente.

IB Business Class A332 GIG – MAD mai 2018

CONCLUSÃO

O voo não foi de todo mal. O assento é bom e a seleção de filmes também. O amenity kit deu conta do recado. Quanto à comida, o jantar estava bom, e o café da manhã foi médio.

Entretanto, é inaceitável não ter menu nem carta de vinho na executiva. Além disso, ter duas comissárias para atender uma cabine cheia é um absurdo tanto para elas como para os passageiros.

Mas, ainda assim, acho que, dentre as companhias Oneworld, vale mais a pena usar a Iberia do que a LATAM ou a British para ir para a Europa.