Na minha vinda para a Europa estive em dois lounges no RioGaleão: Star Alliance – voei de Lufthansa – e GOL, com entrada pelo ELO Nanquim Diners Club. Como fiz uma avaliação do lounge da Star deve ter uns 3 meses, decidi aproveitar a deixa para dar uma checada no lounge da GOL – a última vez que estive lá faz uns dois anos.

O lounge está bem conservado e achei a oferta de comidas e bebidas muito boas!

Há diversas áreas para se acomodar confortavelmente, todas com tomadas para carregar os eletrônicos.

Ao fundo, há um bar e uma outra área com sofás, poltronas e televisão.

O bar conta com uma carta de drinks que podem ser preparados na hora pelo barman – super-simpático, por sinal. Os novos drinks têm o nome dos destinos internacionais da GOL – boa sacada!

Quem precisa trabalhar com um pouco mais de privacidade, dispõe de áreas dedicadas.

O buffet de comida era farto, com opções de pratos quentes, saladas, salgados e doces. A pizza chegava e os pedaços sumiam em 15 segundos … rssss.

Os passageiros também dispõem de uma geladeira com água, sucos, cervejas e refrigerantes.

Eu considero esse lounge muito bom por diversos motivos: a área é grande, a comida é boa e tem bar com drinks variados. E a GOL é a única companhia aérea brasileira que acha que o Rio de Janeiro é importante o suficiente para brindar seus passageiros com um lounge dedicado …

Além do acesso para passageiros GOL Diamante e Ouro, os passageiros da classe business das parceiras Delta, KLM, Air France e Alitalia também podem acessar. O lounge também aceita LoungeKey, DragonPass, Priority Pass, e Diners Club. (Se eu esqueci de algum acesso, por favor, me lembrem!).