Acabei de receber o seguinte email da Multiplus que visa dificultar as múltiplas emissões em uma única conta. E o que eu posso dizer é que os maiores prejudicados são os clientes que usam seus pontos para viajar, que é o objetivo principal da enorme massa de pessoas que têm uma conta na empresa.

Agora, nós sermos penalizados por conta de alguns que decidiram lucrar com o comércio de milhas é um absurdo sem fim. Imagino que Smiles, TudoAzul e Amigo estejam preparando suas armas.  E como todos sabemos, em guerra os inocentes também morrem.

A partir de 28/09/2018 faremos algumas mudanças nas regras do Clube Multiplus:

(i) Cancelamentos: os participantes que cancelarem seu plano do Clube Multiplus e quiserem recontratar num período de até 6 meses após o cancelamento, poderão fazê-lo pela mensalidade padrão. Neste período não será permitida a recontratação com preços ou condições promocionais.

(ii) Pontos Extras (benefício para os planos contratados a partir de 11/01/2018): os pontos extras passam a ter um limite mensal, conforme a tabela abaixo:

A nova regra de pontos extras atende aos primeiros 100.000 pontos acumulados dentro da sua mensalidade. O que isso significa? Por exemplo, se você tem o Clube 10.000 e acumular 105.000 pontos no mês, receberá 30.000 (trinta mil) pontos extras pelos 100.000 pontos acumulados e os cinco mil pontos acumulados restantes não receberão o benefício.

O limite é renovado todo mês, ou seja, todo mês na vigência do seu plano você pode ganhar até a quantidade de Pontos Extras da tabela acima. Por exemplo, se a data de pagamento do seu plano é no dia 5, o limite de pontos extras será renovado no dia 5 de cada mês.