A Norwegian, considerada a melhor companhia aérea low-cost do mundo, pediu autorização à ANAC para operar frequências entre Londres e uma cidade brasileira. Aparentemente a escolha será entre Rio e São Paulo e o processo de aprovação demora cerca de 120 dias.

Vamos entender melhor o que todos chamamos de Norwegian. Existe a Norwegian original – Norwegian Air Shuttle – cujo código IATA é DY, e que opera a partir de Oslo para qualquer cidade europeia, por conta do acordo de Open Skies.

Há uma segunda Norwegian, a internacional sediada na Irlanda, com código IATA D8, que basicamente opera com B737 entre a Europa e a costa leste americana.

Por fim, há a Norwegian UK, código IATA DI, que é a empresa que opera os voos para a Argentina.

A empresa opera com modernos B787 e oferece duas cabines: econômica e premium economy.

Econômica – Foto TPG

Econômica – Foto TPG

Premium Economy Foto TPG

Premium economy – Foto TPG

Um ponto a ser destacado é que a empresa não opera codeshares. Então, passgeiros de outras cidades obrigatoriamente terão que comprar seus bilhetes até a cidade eleita.

Minha modesta aposta (ou seria desejo?) é que a empresa venha para o Rio de Janeiro.

São Paulo já conta com a British Airways que, em alguns dias tem 2 voos diários, um deles com o B787-9, e também com a LATAM, que opera com o B777-300ER e sua vetusta cabine executiva. Juntamente com a Iberia e a AA com diversos destinos (MIA, JFK, DFW e LAX), essas empresas formam um hub da Oneworld no Brasil.

Já o Rio só tem ligação direta com Londres via British Airways, que opera em Heathrow, um aeroporto para lá de grande e complicado.

Ainda essa semana eu faço um post com uma compilação das avaliações de blogs estrangeiros sobre a econômica e a premium economy da empresa e mostro o sistema de reservas e como os extras são cobrados.