Olha aí o Brasil exportando business models para outros programas de passageiro frequente. O ConnectMiles, o programa de milhas da Copa Airlines, anunciou hoje o seu “clube de milhas”. Os preços e milhas acumuladas são os seguintes:

Caríssimo, não? Independentemente do plano, o valor final da milha é o mesmo. Vamos fazer a conta com os 220 USD ao mês.

Supondo que o dólar esteja cotado a R$3,30, são gastos USD 2640 ao ano, que equivalem a R$ 8.712,00. Acrescentando o IOF de 6,38%,  o valor total é de cerca de R$ 9.261,00 por 120.000 milhas/ano. Isso leva ao valor unitário da milha em R$ 0,077 – 10% mais caro do que os programas brasileiros cobram sem qualquer tipo de desconto.

Abaixo a tabela de resgate do ConnectMiles com as parceiras da Star Alliance:

A única ida e volta em executiva possível com as 120.000 milhas voando com as parceiras e saindo do Brasil  é para a América do Sul e Norte. Ou seja: não há vantagem nenhuma nesse clube …