É mais fácil enviar o homem pra Marte do que entender os extratos das contas dos programas de milhas brasileiros. Como nós temos dois tipos de milhas diferentes – qualificáveis e resgatáveis – é importante que a gente tenha clareza nas informações prestadas para fazermos o controle das milhas creditadas.

Hoje, por exemplo, fui checar uma informação no Smiles em virtude de um comentário do Carlos em outro post (clique aqui para ler) e fiquei sem saber dar a resposta para ele. Eu queria saber quantas milhas qualificáveis eu tinha ganho em um voo GOL – se elas eram baseadas na real distância voada ou se se aplica o piso mínimo de 500 milhas para Diamante. Fiquei sem saber …

Olhem só quais as informações que eu obtive:

Só soube quantas milhas acumulei, mas não sei que tipo de milhas são. Outra informação vital que é ausente no extrato de todos os programas brasileiros: a quantidade de milhas na conta no dia 1o e 30/31 de cada mês. Assim, a gente teria o controle real de quantas milhas são acumuladas e quantas são resgatadas no mês.

Vocês gostam de como os programas brasileiros mostram os extratos online para a gente? Quais informações vocês consideram essenciais e/ou importantes e que devem constar no extrato?