A Qatar Airways, uma das três grandes empresas aéreas do Golfo, parece ter bloqueado quase que totalmente a emissão de bilhetes prêmios via parceiras a partir da segunda ou terceira semana de janeiro.

Rotas cujo resgate era tranquilo – como Paris/Doha/Paris em todas as cabines, ou da Europa para Doha ou estão sem qualquer disponibilidade ou são raros os assentos disponíveis.

Também era relativamente fácil achar disponibilidade para voar entre a Europa e a Ásia com escala em Doha – essas passagens desapareceram por completo – até mesmo em econômica.

Há algumas teorias nos fóruns especializados: a primeira é que a Qatar estaria fazendo um inventário do que foi vendido na última Boutique Sale feita em janeiro para liberar os assentos posteriormente.

Eu acho improvável, porque a promo de janeiro não envolveu a primeira classe de Paris para Doha, por exemplo. Também não houve promoções envolvendo Tóquio, Shanghai e Pequim e está impossível achar disponibilidade em executiva para esses destinos.

Mas verdade seja dita: foi depois da tal Boutique Sale que a disponibilidade sumiu.

Uma outra teoria é que houve uma mudança não anunciada no management do programa e que, por isso, não há disponibilidade, já que estariam fazendo uma análise do que foi reservado até agora.

Eu me lembro de uma vez em que isso ocorreu e não havia nada da Qatar durante uns dois meses. Depois de muita reclamação dos clientes, a empresa disse que era um problema de TI que estava sendo resolvido. Pouco tempo depois, tudo voltou ao normal.

Fato é que nem na Smiles e nem no BAEC se encontra alguma coisa. Nem falo da disponibilidade para o Brasil, porque essa sumiu faz tempo e só de vez em quando a Qatar abre a porteira – mas não dura mais do que um ou dois dias.

Para não ser totalmente injusta, ontem eu consegui emitir uma primeira classe com a Qatar na Smiles por pura sorte, mas em um trecho que ninguém emite: Doha – Guangzhou, e não foi no dia exato que eu queria. Há alguma disponibilidade para Bangkok também, mas para o fim do ano e saindo de Doha. Saindo da Europa para a Ásia não tem nada.

Alguém tem conseguido emitir com a Qatar?