Como vocês sabem, o TAP Victoria, sem enviar um email ou qualquer outro tipo de comunicação individual, irá mudar a tabela de resgates com as parceiras da Star Alliance no dia 15 de março. Isso foi descoberto por um acaso por um cliente do programa em uma pesquisa no site.

É claro que não há qualquer certeza em relação à mudança. Informações básicas não foram fornecidas. Essa alteração terá validade imediata ou o programa concederá um tempo razoável para seus clientes? Haverá uma desvalorização ou valorização da tabela? Quais trechos? Haverá mudanças na política de emissão – i.e., será possível a emissão de um único trecho com as parceiras (atualmente é obrigatória a emissão ida e volta)?

Enfim, são muitas perguntas sem respostas. Eu pessoalmente optei por zerar a minha conta diante do histórico do Victoria. Eu sei que é um risco – quem sabe não há alguma alteração benéfica nas rotas que eu gosto de voar? Confesso que tive muitas dúvidas sobre o que fazer …

Então, depois de muito refletir sobre a data e os destinos da viagem futura, liguei para o call center do Victoria e reservei meus voos. Optei por voar na executiva de duas empresas 5 estrelas no Skytrax: vou fazer um repeteco da EVA Air e vou conhecer a business da ANA – só voei na first com a japonesa (leia o trip report aqui). Me sobraram 10.000 milhas para usar

Para isso, gastei inomináveis 357 euros! Foram 317 euros de taxas aeroportuárias e YQ, acrescidos de 40 euros de taxa de emissão. Comentei com a atendente que essa taxa não seria devida, uma vez que a empresa não dispõe de um sistema de reserva online com as parceiras. Não deu em nada …

Só gastei esse dinheiro por conta da qualidade da EVA e da ANA e porque não queria usar minhas milhas para voar em boas companhias que já conheço – SWISS e Turkish, por exemplo, ou em companhias que não considero tão boas assim que servem o Brasil, como a Ethiopian ou Air China.

E vocês? Já decidiram o que vão fazer? Já fizeram? Contem-me tudo, não escondam nada!

Abaixo, a tabela em vigor até dia 14 de março:

Telefone do TAP Victoria: 0800 025 8638

OBSERVAÇÃO SOBRE A TAXA DE COMBUSTÍVEL COBRADA

Dei uma pesquisada no ITA Matrix e descobri as seguintes cobranças:

Então, em taxa de combustível, a EVA cobra 60 EUR, a ANA 67 EUR e a Lufthansa, 40 EUR. Só aí dá 167 EUR. Entretanto, as demais taxas também são pesadas. Só em Paris são quase 100 EUR de taxas aeroportuárias e, no Japão, são quase 20 EUR. Somei tudo e deu 317 EUR. Acrescidos dos 40 EUR que o Victoria cobra para emitir, dá esse valor extorsivo …