A Alsácia abriga a mais antiga rota dos vinhos na França. A região, que fica no leste francês e tem fronteira com a Alemanha é considerada uma das melhores do mundo para explorar o mundo dos vinhos.  A especialidade da região são os vinhos brancos, mais especificamente os Gerwurztraminer, Pinot Gris e Riesling.

Mapa Alsácia

Mapa Alsácia

 

O ponta-pé inicial da rota pode ser dado na cidade de Thann, que fica ao sul de Colmar  e bem próximo de Basel, Suíça, seguindo até Strasbourg, que é a capital da Alsácia, ou fazer o trajeto inverso. A rota do vinho tem cerca de 170 km e abrange mais de 100 vinícolas.

Para os franceses e alemães, a Alsácia é o lugar ideal para passar um fim de semana relaxado e, como consequência, a região conta com restaurantes incríveis, vinhos deliciosos e ótima diversão.  Para vocês terem uma ideia, há cerca de 30 restaurantes com estrelas do Michelin na Alsácia – nada mal, não? O ideal é visitar duas vinícolas antes do almoço e depois saborear uma bela refeição com quitutes locais.

Diferentemente de Bordeaux, os produtores de vinhos da Alsácia abrem suas vinícolas aos visitantes durante a colheita, de setembro a novembro – mas também ficam abertas durante o restante do ano, inclusive nos fins de semana. A alta estação é a da colheita e o mês imediatamente anterior ao Natal.

COLMAR

A cidade medieval de Colmar é o centro da rota dos vinhos. A cidade pode servir como base para passeios às pequenas cidades vizinhas para mergulhar na essência da Alsácia. Enquanto Colmar foi largamente poupada durante a 2a Guerra Mundial, muitas dessas cidades vizinhas tiveram que ser reconstruídas.

Colmar

Colmar

Não há melhor lugar para começar a compreender a complexidade dos vinhos da Alsácia do que uma adega de um viticultor que sempre vai explicar com muito entusiasmo as uvas da região, e a diferença entre um sylvaner e um grand cru riesling, por exemplo. Para isso, o lugar ideial é o Domaine Paul Blanck, casa de 400 anos de idade, que não somente produz ótimos vinhos, mas que também vela pela qualidade e reconhecimento das marcas da região no mundo. Façam reserva para ver as belíssimas paisagens, degustar os vinhos e pegar dicas de onde comer.

Uma outra dica de visita antes do almoço ou jantar é a Meyer-Fonné. François Meyer e seu filho, Félix, administram a vinícola da família em Katzenthal a 10 km do centro de Colmar. O ideal é fazer uma reserva para e desgustação dos vinhos e uma visita à adega. Os melhores vinhos da casa são o Riesling e o Gewurztraminer Grand Cru Kaefferkopf.

Uma outra boa pedida são os vinhos mais em conta da Cave Vinicole de Turckheim, que fica a 8 km de distância de Colmar.  A loja e a sala de degustação são amplas e modernas, e têm a vantagem de abrir diariamente.

RIQUEWIHR

Quando saltei do carro na porta de Riquewihr e fui caminhando pela cidade, tive a certeza de ter chegado num conto de fadas. A cidade é considerada, com toda razão, uma das mais bonitas da França.

Riquewihr

Riquewihr

Situada a 25 km de Colmar, Riquewihr é a casa do festejado e estrelado chef Jean-Luc Brendel, cuja Table du Gourmet compreende um restaurante e hospedagem de luxo, com preços variando entre €169 a €498.

Não deixe de visitar o Hugel et Fils cuja degustação fica na vinícola histórica que também serve de casa da família no coração de Riquewihr (na verdade, fica em frente ao Table du Gourmet). A família Hugel é um nome na Alsácia e seus Gewurztraminers são referência na região. A casa abre da Páscoa até o Natal e é necessário fazer reserva antecipada.

KAYERSERBERG

Kayerserberg é outra cidade belíssima da região que atrai um número considerável de turistas.

Kayerserberg

Kayerserberg

Há diversos bistrôs charmosíssimos assim como o Le Chambard, o restaurante do chef Oliver Nasti, que também ostenta estrelas do Michelin. Para uma refeição mais em conta assinada por Nasti, não perca o Flamme & Co., cujo prato principal é o flammekueche ou torta flambada, que é o prato típico da região que parece uma pizza.

 

Flammekueche de Olivier Nasti

Flammekueche de Olivier Nasti

Para degustar um bom vinho, vá ao Domaine Weinbach.  A família Faller,  capitaneada pela matriarca Colette e as filhas Catherine e Laurence, oferece o  Riesling Schlossberg Grand Cru e o Gewurztraminer Furstentum Grand Cru. Faça reserva com antecedência.

Domaine Weinbach

Domaine Weinbach

 

ONDE FICAR

Os hotéis no centro de Colmar e nas demais cidades da Alsácia geralmente não disponibilizam estacionamento gratuito!

Hotel Le Colombier: Considerado um dos melhores hotéis de Colmar, as diárias variam entre €100 – €160. 7 Rue Turenne, 68000, Colmar.

Ibis Colmar Centre: Já no patamar de hotel básico, mas limpo e funcional, com diárias em torno de €70. 10 rue Saint Eloi68000, Colmar.

Chambard: Acomodação de luxo em Kaysersberg, com diárias a partir de €300. Um hotel Le Relais & Chateaux. 9-13 Rue du General de Gaulle, 68240 Kaysersberg.

Best Western Hotel Le Schoenenbourg. Fora do centro histórico de Riquewihr, o hotel oferece estacionamento gratuito. Diárias a partir de €80.

Auberge du Cheval Blanc: Para uma experiência de luxo e gastronomia, o hotel conta com um restaurante que recebeu duas estrelas Michelin, que pode ser reservado independentemente da estadia no hotel. Diárias a partir de €240.

 

Então, usem aquelas milhas acumuladas, façam as malas e partam para uma aventura inesquecível! Boa viagem!