Recebi de mais de um leitor uma reclamação que considero grave: a Smiles não quer honrar uma promoção de adesão ao Clube feita ontem, durante o Clube Smiles Day.

Aconteceu o seguinte: pela manhã, havia uma promoção ofertando o Clube 10.000 com um desconto de 86% e bônus de 10.000 milhas extras nos três primeiros meses. O custo seria de R$ 39,50 mensais durante o ano.

Observem que esse valor era exatamente o que o site informava, ou seja: não foi na hora do pagamento que deu problema, como aconteceu no bug da AA.

Os clientes procederam ao pagamento:

Todos os leitores informaram que receberam email de boas vindas ao Clube:

E as milhas foram devidamente creditadas na conta:

Mas eis que, passadas algumas horas, as contas foram bloqueadas e um email foi enviado, cancelando unilateralmente o contrato, sem qualquer explicação.

Um pouco mais tarde, a empresa envia outro email justificando o cancelamento:

A empresa alegou um problema com o cartão de crédito do consumidor, quando, na verdade, vimos que o próprio Smiles havia publicado uma promoção com 86% de desconto.

Ora, a empresa passa dias e dias fazendo marketing sobre o Clube Smiles Day, que teria ofertas imperdíveis. Aí o consumidor olha o site e, além do valor, está lá um “carimbo” informando 86% de desconto. O que ele deve pensar?

Não foi o caso de um erro na inserção dos valores, isto é: não foi um bug. O carimbo de 86% de desconto foi essencial para que os clientes confiassem na informação.

Olhem o que diz o art. 30 do CDC: Toda informação ou publicidade, suficientemente precisa, veiculada por qualquer forma ou meio de comunicação com relação a produtos e serviços oferecidos ou apresentados, obriga o fornecedor que a fizer veicular ou dela se utilizar e integra o contrato que vier a ser celebrado.

Estava claro e preciso que havia uma oferta de desconto de 86%.

O Smiles é uma empresa que sempre honrou com suas ofertas, inclusive em bugs, que não é o caso. Assim, aguardamos um posicionamento da empresa sobre o assunto, esperando sinceramente que ela reveja a sua posição. Todos os leitores que entraram em contato comigo estão dispostos a buscar seus direitos na justiça.