A TAP já decidiu o que fazer com os A321neo LR que adquiriu da Airbus: alguns deles vão operar rotas para o Nordeste brasileiro.

As cidades contempladas são Recife, Natal e Fortaleza. Além disso, Recife e Natal também receberão os novos A330-900. Um chega esse ano, com previsão de mais 6 ano que vem.

A empresa planeja receber 2 A321neo esse ano. No ano que vem, a expectativa é que cheguem mais 3 A321neo e 2 A321neo LR (long range). Ao todo serão incorporados a TAP 24 A321neo, sendo 12 desses A321neo LR.

De acordo com os planos operacionais da empresa, a previsão é a seguinte:

LIS-REC-LIS partida noite, regresso dia seguinte tarde
LIS-REC-LIS partida tarde, regresso dia seguinte, manhã – (alternando o A339 e o A21NX dependendo dos dias )
LIS-FOR-LIS partida tarde, regresso dia seguinte manhã
LIS-FOR-LIS partida noite, regresso dia seguinte tarde
LIS-NAT-LIS partida tarde, regresso dia seguinte manhã – (alternando o A339 e o A21NX dependendo dos dias )

O A321neo, que terá capacidade para 216 passageiros, é uma aeronave single-aisle (com um único corredor). A distância que separa Recife, Natal e Fortaleza de Lisboa é, respectivamente, de 3.628,  3.496 e 3.478 milhas, o que deve dar umas 7 horas de viagem (corrijam-me se eu estiver errada!).

É bastante tempo em uma aeronave com configuração 3-3 na econômica. Mas tanto o A321neo LR como o B737 MAX, que são muito econômicos, foram concebidos para esse nicho de mercado de voos com cerca de 3.500 milhas.

Ainda não há data certa para entrada em serviço internacional das novas aeronaves.