Como prometido, agora vamos para a segunda parte do nosso tutorial exclusivo sobre o ExpertFlyer. Nesse post, vamos utilizar os conhecimentos obtidos na primeira parte do tutorial e também no post que comentei sobre classes tarifárias. Deixarei o link de ambos ao final, caso vocês queiram consultá-los.

Como nós vimos, há uma guia específica, a primeira da lista, que trata da disponibilidade de emissão de bilhetes prêmios e de upgrades. Também comentei com vocês que essa pesquisa é limitada a um número de companhias aéreas, já que nem todas disponibilizam essas informações para o ExpertFlyer.

Agora, nós vamos usar a segunda guia – Flight Availability (disponibilidade de voo) – como estratégia para tentarmos ter uma ideia da possibilidade de disponibilidade de emissão de bilhetes com milhas e upgrades naquelas companhias que não constam da lista de Awards and Upgrades.

No meu exemplo, quero um bilhete de Londres para Hong Kong em voo direto em setembro pela Cathay em primeira classe, com 3 dias de flexibilidade. Mas eu poderia ter escolhido março ou qualquer mês. Aliás, acho que funciona até melhor para quem quer emitir com mais urgência.

Não se esqueçam que vocês podem procurar disponibilidade na Oneworld no site da British Airways (clique aqui para saber como) e da Star Alliance no site da ANA All Nippon Airways (clique aqui para saber como).

Eu posso excluir ou não voos codeshare. Na minha pesquisa, eu excluí os codeshares por um motivo: não é permitido emitir bilhetes com milhas em voos codeshare com outras companhias fora da aliança ao qual o programa pertence.

A Cathay tem código IATA CX (todas as companhias aéreas tem um código IATA com duas letras. A LATAM é JJ, a Gol é G3, a Avianca é O6, a American é AA, a Delta é DL, a Air France é AF e por aí vai), e o ExpertFlyer permite que eu pesquise em até 3 companhias diferentes.

Olhem o resultado da minha pesquisa. Com ela, eu aprendi o seguinte:

1 - A Cathay tem 6 voos diretos de Londres para Hong Kong no dia 12 de setembro. 

2 - Um dos voos parte do aeroporto de Gatwick (LGW).

3 - Todos os voos, exceto o de Gatwick, são operados pelo B77W. O voo de Gatwick é operado pelo A350-900XWB.

4 - Apenas os voos 252, 250 e 254 têm cabine de primeira classe.

5 - Os voos 344, 238 e 256 não têm primeira classe. A maior classe de voo é executiva. 

E como sei que há voos com primeira e voos sem primeira classe? Vejam que nos voos 252, 254 e 250 há as classes tarifárias F e A, que designam a primeira classe.

Nos demais voos (em verde), as classes tarifárias são J, C, D e I que são classes da executiva.

Vamos ver o voo 252: ele tem 6 assentos na tarifa F em primeira classe livres (F6) e dois na tarifa A (A2). Vamos da uma olhada no mapa de assentos da cabine de primeira classe clicando o símbolo do assento à direita:

O resultado é o seguinte: nenhum assento foi vendido. Tenho 2 assentos bloqueados, que podem estar disponíveis para os clientes do programa Marco Polo da Cathay, ou para o descanso de algum tripulante. Também fico sabendo que somente passageiros premium podem reservar os assentos 1A e 1K.

A chance de ter assentos disponíveis na primeira classe desse voo para emissão com milhas é grande. A Cathay é conhecida por soltar a disponibilidade mais perto da data da viagem.

Mas como é que eu vou conseguir criar um alerta de um assento prêmio na guia da disponibilidade, ainda mais quando há disponibilidade no voo?

O pulo do gato é o seguinte: eu volto para a primeira página do ExpertFlyer para criar um Flight Alert. Essa funcionalidade me permite criar um alerta para a classe tarifária que eu desejo, mas que não está disponível no momento da pesquisa.

Mas como é que eu vou saber a danada da letrinha da classe tarifária da Cathay que indica que é um bilhete em primeira classe emitido com milhas? Vamos por partes.

Clicamos na guia Create Flight Alert e preenchemos com as informações necessárias. O ExpertFlyer só permite um alerta por voo. Se você quiser alertas para o mesmo voo em dias diferentes, você terá que criar diversos alertas.

Incluí as informações, mas ficou faltando o class code, que é a classe tarifária. Mas o ExpertFlyer te ajuda nisso também. Clique na segunda sete (click here).

Ao clicar nessa segunda seta, aparece a tela com todos os códigos da Cathay. Mas vejam que não há indicação código específico para emissão com milhas e aí é só a gente dar uma de Sherlock.

Naquele quadro da disponibilidade aparecem duas First Class (F e A), certo? No quadro abaixo, aparece mais alguma first class que não estava incluída anteriormente?

SIIIIIIMMMMM! É a Z, a última da lista. Essa é a classe tarifária da primeira classe da Cathay emitida com milhas. É só selecionar que o sistema inclui no seu alerta.

OBS: Aqui você pode achar a classe tarifária de todas as companhias aéreas e o que elas representam, ok?

Aí você seleciona a classe Z e clica em FINISHED à esquerda, que o sistema volta para a tela anterior e clica na última caixinha VERIFY AND CREATE e pronto.

Mas suponha que você não apenas a primeira classe, se não der, o plano B é ir de executiva. O mesmo trabalho de Sherlock deve ser feito. Na pesquisa de disponibilidade, as classes tarifárias disponíveis em executiva são C, D , J e I. Há alguma outra business aí, gente?

SIIIIIIIMMMMMM!!! É a U. Então, você também seleciona a U. E faz todo o processo de novo.

Mas tem um problema: muitas vezes, as companhias aéreas que não disponibilizamsuas classes tarifárias para bilhetes prêmio e upgrades no ExpertFlyer nem fazendo essa jabuticaba, ou seja: o aviso de disponibilidade não será gerado.

Então, como proceder? Aí vai no instinto e na sorte.

Vamos voltar à imagem da disponibilidade. Nela eu posso ver os mapas de assento e saber quantos estão ocupados e quais as minhas melhores chances de conseguir emitir um bilhete prêmio.

Vou mostrar o mapa do CX 344, do CX 238 e do CX 256 em executiva, nessa ordem.

O CX344 já tem 7 assentos ocupados, e 8 bloqueados, o que significa que há 15 assentos a menos a serem comercializados.

Agora, tanto o CX238 como o CX256 não tem nenhum assento comercializado e ambos contam cada um com 6 assentos bloqueados. Esses voos têm mais chance de terem disponibilidade futura – se é que não têm agora.

Uma funcionalidade interessante para assinantes pagos é que você pode salvar essa pesquisa para não ter que digitar tudo de novo:

Para quem quiser ler a parte 1 desse tutorial do ExpertFlyer, clique aqui.

Para quem quiser ler o post  sobre classes tarifárias, clique aqui.

Espero ter ajudado vocês mais uma vez. Aguardem a terceira e última parte do tutorial, que sairá na semana que vem!